19 de fevereiro de 2020

Como instalar o Custom Ubuntu ISO Creator no Ubuntu

Se você precisa criar uma versão personalizada do instalador do Ubuntu, conheça e veja como instalar o Ubuntu ISO Creator no Ubuntu.

Cubic (Custom Ubuntu ISO Creator) é um aplicativo gráfico que permite criar uma imagem ISO inicializável personalizada do Ubuntu Live CD/DVD.

custom ubuntu iso creator no ubuntu - Como instalar o reprodutor VLC no Linux via AppImage

O possui um ambiente chroot de linha de comando integrado para fazer as personalizações e permite navegação sem esforço, para trás e para frente, através das etapas de geração da imagem ISO.

Você pode fazer todo tipo de personalização, como instalar novos pacotes, Kernels, adicionar mais papéis de parede, adicionar arquivos e pastas adicionais.

alt

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Let's block ads! (Why?)

Como instalar a VPN RiseupVPN no Linux via Snap

Se você precisa de uma opção segura de para usar no seu sistema, conheça e veja como instalar a no via .

O RiseupVPN é um serviço VPN fácil, rápido e seguro da riseup.net. O RiseupVPN não requer uma conta de usuário, mantém registros ou rastreia você de qualquer forma.

como instalar a vpn riseupvpn no linux via snap - Como instalar o reprodutor VLC no Linux via AppImageComo instalar a VPN RiseupVPN no Linux via Snap

Essa é uma implementação minimalista, escrita em golang, da Bitmask VPN. A única interface do usuário é um pequeno ícone do systray, utilizando o libappindicator. Ele pode ser usado como um aplicativo independente ou como um front-end para o bitmaskd.

Como instalar a VPN RiseupVPN no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Posts recentes

Conheça essas séries

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o Karaoke player Spivak no Linux via Flatpak

Se você já pensou em chamar os amigos para um karaokê, mas não podia usar seu PC com o sistema do pinguim, conheça e veja como instalar o no via .

Spivak é um reprodutor que foi projetado para ser um player de Karaokê autônomo, que pode ser usado em suas festas sem um DJ dedicado.

karaoke player spivak no linux - Como instalar o Spotify no Linux via FlatpakComo instalar o Karaoke player Spivak no Linux via Flatpak

Ele é controlado principalmente por meio de sua interface da Web, para que seus convidados possam cuidar de si mesmos, pesquisando e adicionando à fila. E o player irá garantir uma rotação justa.

Ele é gratuito, multi-plataforma (Linux/Windows/OS X) baseado no GStreamer e no Qt5, baseado no GStreamer e no Qt5. Suporta uma vasta gama de formatos de Karaoke, com o objetivo de reproduzir todos os formatos de Karaoke mais ou menos difundidos em todas as plataformas populares.

Posts recentes

Conheça essas séries

Let's block ads! (Why?)

18 de fevereiro de 2020

Como instalar o gerenciador de perfis de hardware CoreCtrl no Linux

Se você precisar de uma determinada configuração do ao executar um programa, conheça e veja como instalar o de perfis de hardware no Linux.

Alguns dias atrás foi revelada a primeira versão do CoreCtrl, que é um novo aplicativo do Linux projetado para permitir que o usuário controle facilmente o hardware de seu computador usando os perfis dos aplicativos.

gerenciador de perfis de hardware corectrl no linux - Como instalar o media player Movian no Linux via SnapComo instalar o gerenciador de perfis de hardware CoreCtrl no Linux

A configuração padrão é definida em um perfil global.

Ele também permite que o usuário crie quantos perfis personalizados desejar, cada um definindo sua própria configuração.

Conheça essas séries

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o Mountain Tapir Collage Maker no Linux via Snap

Se você quer fazer montagens com suas de um jeito simples, conheça e veja como instalar o no Linux via Snap.

O Mountain Tapir Collage Maker é uma ferramenta multiplataforma para combinar em colagens.

como instalar o mountain tapir collage maker no linux via snap - Instale o Udeler para baixar os vídeos de cursos da UdemyComo instalar o Mountain Tapir Collage Maker no Linux via Snap

O Mountain Tapir permite que os usuários organizem imagens em uma e salvem o resultado como uma nova imagem.

A interface gráfica dele fornece uma prévia da colagem finalizada, e assim, você organiza as imagens em uma colagem e salva o resultado como uma nova imagem.

alt

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o gerenciador de senhas KeePassX no Linux via Snap

Se você precisa de um software para lembrar as suas , conheça e veja como instalar o de no Linux via .

O KeePassX é um aplicativo para pessoas com demandas extremamente altas no gerenciamento seguro de dados pessoais. Ele tem uma interface leve, é multiplataforma e publicado sob os termos da GNU General Public License.

como instalar o gerenciador de senhas keepassx no linux via snap - Instale o Udeler para baixar os vídeos de cursos da UdemyComo instalar o gerenciador de senhas KeePassX no Linux via Snap

Ele é um aplicativo de código aberto usado para o gerenciamento de senhas, que permite criar, armazenar, gerar e editar senhas. Ele salva muitas informações diferentes, por exemplo, nomes de usuários, senhas, urls, anexos e comentários em um único banco de dados.

Originalmente, o KeePassX foi chamado de KeePass/L for Linux desde que era um porte do gerenciador de senhas do Windows Keepass Password Safe. Depois que se tornou um aplicativo multiplataforma, o nome não era mais adequado, e portanto, em 22 de Março de 2006, foi alterado para KeePassX.

alt

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Let's block ads! (Why?)

17 de fevereiro de 2020

Como instalar o app de acesso remoto Remmina no Linux via Flatpak

Se você precisa de uma ferramenta que torne possível o uso do PC a distância, conheça e veja como instalar o app de acesso remoto no Linux via .

Remmina é uma aplicação de desktop remoto, um software livre coberto pela licença GNU GPL, escrito em C e GTK+, e disponível apenas para sistemas baseados em Unix/Linux.

remmina no linux via flatpak - Como instalar a IDE Python Wing no Linux Ubuntu, Fedora, openSUSE e derivadosComo instalar o app de acesso remoto Remmina no Linux via Flatpak

Ele suporta vários protocolos de rede em uma interface integrada e consistente, no momento em que os protocolos RDP, VNC, , SPICE, e são suportados.

Adicionalmente, você pode instalar os plugins Remmina: RDP, VNC, NX, XDMCP, SSH e

Conheça essas séries

Let's block ads! (Why?)

Como instalar a poderosa linguagem Go no Linux via Snap

Se você quer programar em no Linux sem complicações, veja como instalar a poderosa no Linux via e comece a produzir.

Go (ou golang) é uma linguagem de inicialmente desenvolvido pelo Google. Ela é uma linguagem estaticamente tipada com sintaxe vagamente derivada de C.

linguagem go no linux via snap - Como instalar a IDE Netbeans no Linux via SnapComo instalar a poderosa linguagem Go no Linux via Snap

GO é uma linguagem de programação que está se tornando cada vez mais popular entre os desenvolvedores e os administradores de sistemas.

GO é inspirada em C++ e possui binários para Windows, Linux e Mac OS, além de ser open source, sendo coberta pela licença BSD.

Conheça essas séries

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o lançador de jogos Pegasus no Linux via Flatpak

Se você quer simplificar o acesso aos seu games, conheça e veja como instalar o lançador de no Linux via .

O Pegasus é um front-end gráfico para navegar na sua biblioteca de jogos (especialmente jogos ) e iniciá-los em um só lugar. Ele se concentra na capacidade de personalização, suporte entre plataformas (incluindo dispositivos incorporados) e alto desempenho.

como instalar o lancador de emuladores pegasus no linux via flatpak - Como instalar o lançador de jogos Pegasus no Linux via FlatpakComo instalar o lançador de jogos Pegasus no Linux via Flatpak

Uma configuração moderna de retro-jogos: em vez de iniciar jogos diferentes com emuladores diferentes, um por um manualmente, você pode adicioná-los ao Pegasus e iniciá-los a partir de uma tela gráfica amigável do seu sofá.

Você pode adicionar todos os tipos de obras de arte (capas), metadados ou visualizações de vídeo para cada jogo para torná-lo ainda melhor!
[embedded content]

Conheça essas séries

Let's block ads! (Why?)

Como instalar a última versão do Git no Debian ou Ubuntu

se você usa o Git e não quer usar uma versão desatualizada desse software, veja como instalar a última versão do Git no Debian ou Ubuntu.

O Debian é um ótimo sistema operacional. Talvez, junto com o CentOS e RHEL, o mais estável de todo o cenário Linux.

ultima versao do git no debian 9 ou ubuntu 19 04 - Como instalar a ferramenta de segurança ZAP no Linux via SnapComo instalar a última versão do Git no Debian 9 ou Ubuntu

No Debian você pode fazer trabalhos muito importantes, como desenvolver aplicativos ou apenas usá-lo como um sistema operacional de servidor.

Tudo isso graças ao fato de que é um sistema muito estável, onde o software é constantemente testado para obter os melhores resultados.

Conheça essas séries

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o FreeOffice 2018 no Linux manualmente

Se você está procurando uma ao Microsoft para usar no sistema do pinguim, conheça e veja como instalar o FreeOffice 2018 no Linux .

O SoftMaker FreeOffice 2018 é uma verdadeira suíte office gratuita para utilização residencial ou comercial, e também, uma ótima alternativa ao Microsoft Office.

freeoffice 2018 no linux manualmente - Como instalar o Kingsoft WPS Office no Linux manualmenteComo instalar o FreeOffice 2018 no Linux manualmente

Conheça essas séries

Let's block ads! (Why?)

16 de fevereiro de 2020

Como instalar o jogo Urban Terror no Linux via Snap

Se você gosta de de tiro em cenários urbanos, que tal instalar o no Linux via Snap e se divertir um pouco com esse game?

Urban Terror é um jogo multiplayer de tiro em primeira pessoa gratuito e desenvolvido pela FrozenSand, que não exige mais o Quake III Arena, disponível para Windows, Linux e Macs

jogo urban terror no linux via snap 0 - Como instalar o divertido jogo de tiro Xonotic no Linux via FlatpakComo instalar o jogo Urban Terror no Linux via Snap

O Urban Terror pode ser descrito como um tático de Hollywood, o que resulta em um game muito original, agradável e viciante. E isso sem que seja necessário fazer um registro: Basta baixar, instalar e jogar!

jogo urban terror no linux via snap 1 - Como instalar o divertido jogo de tiro Xonotic no Linux via Flatpak

Let's block ads! (Why?)

Como instalar gerenciador de tarefas Taskbook no Linux via Snap

Se você precisa gerenciar suas tarefas, sem sair da de comando, conheça e veja como de tarefas no Linux via .

Taskbook é um aplicativo que permite gerenciar tarefas, boards e notas usando a linha de comando.

gerenciador de tarefas taskbook no linux via snap - Como instalar o app de digitação KTouch no Linux via SnapComo instalar gerenciador de tarefas Taskbook no Linux via Snap

Utilizando uma sintaxe de uso simples e mínima, que requer uma curva de aprendizado plana, o taskbook permite que você gerencie com eficiência suas tarefas e anotações em várias boards de dentro do seu .

Todos os dados são escritos atomicamente no armazenamento para evitar corrupções e nunca são compartilhados com ninguém ou qualquer coisa.

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o divertido jogo PokerTH no Linux via Snap

Se você gosta de jogar , e quer se divertir com isso no Linux, veja como o jogo PokerTH no Linux via Snap.

PokerTH é um jogo de poker. Na verdade, ele é uma implementação livre do jogo de Poker “Texas Hold’em”. Texas hold’ é jogado em cassinos dos Estados Unidos e sua popularidade tem aumentado em todo o mundo.

jogo pokerth no linux via snap - Como instalar o jogo Colonization FreeCol no Linux via FlatpakComo instalar o divertido jogo PokerTH no Linux via Snap

Esse jogo é fácil de aprender, mas é preciso ter uma boa estratégia e muita sorte para vencer.

E com esse aplicativo, você pode praticar ou apenas jogar por diversão, podendo jogar contra até nove adversários/computador ou rede de jogo e jogos de internet com pessoas de todo o mundo.

Let's block ads! (Why?)

Como instalar a ferramenta Easywifi no Linux para escanear/conectar redes Wi-Fi

Se você quer gerenciar o acesso a redes Wi-Fi sempre no terminal, conheça e veja como instalar a ferramenta no Linux para / Wi-Fi.

Easywifi e uma ferramenta de linha de comando que serve para escanear/conectar redes Wi-Fi.

como instalar a ferramenta easywifi no linux para escanear conectar redes wi fi - Como instalar o poderoso servidor de mídia Red5 no LinuxComo instalar a ferramenta Easywifi no Linux para escanear/conectar redes Wi-Fi

Ou seja, Easywifi é uma nova ferramenta de linha de comando que facilita a verificação, a conexão e o gerenciamento de redes WIFI no Ubuntu.

na verdade, ela é simplesmente um script escrito em Python e baseado na ferramenta nmcli. Oferece um menu na saída do terminal. Tudo o que você precisa fazer é digitar número ou nome para fazer o que deseja fazer.

Let's block ads! (Why?)

Conheça alguns aplicativos para ouvir rádios online no Linux

Se você passa horas na frente do PC, precisa de algo para relaxar, e para ajudá-lo nisso, confira uma lista de aplicativos para rádios online no . Depois é só curtir.

Existem milhares de rádios online. E o problema está exatamente em encontrar uma nesse grande variedade. Felizmente, existem programas que ajudam nisso e deixam muito mais fácil escolher e ouvir essas rádios, diretamente no PC.

aplicativos para ouvir radios online - Como instalar o jogo Colonization FreeCol no Linux via FlatpakConheça alguns aplicativos para ouvir rádios online no Linux

Mas ao contrário do que muitos vendem por por aí, o Linux possui boas opções de programas para ouvir rádios online. Por isso, criei essa lista para os usuários interessado em ouvir rádios online no Linux.

Conheça alguns aplicativos para ouvir rádios online no Linux

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o ambiente de desenvolvimento RStudio no Linux

Se você trabalha com e quer programar no sistema do pinguim, veja como instalar o ambiente de desenvolvimento RStudio no Linux.

Rstudio é um ambiente de desenvolvimento integrado () para a linguagem de programação R, dedicado à computação estatística, de , pesquisa biomédica e matemática .

rstudio no linux - Como instalar o jogo Colonization FreeCol no Linux via FlatpakComo instalar o ambiente de desenvolvimento RStudio no Linux

Essa IDE tem a missão de fornecer o ambiente de computação estatística para R e permite uma análise e desenvolvimento para que qualquer pessoa possa analisar os dados com R.

O RStudio é um conjunto de ferramentas integradas, projetado para ajudar o usuário a ser mais produtivo com R.

Let's block ads! (Why?)

15 de fevereiro de 2020

Como instalar o emulador de Commodore VICE no Linux

Se você é das antigas e saudosista, ou apenas um usuário curioso que quer testar softwares de uma época não tão recente, conheça e veja como instalar o de no Linux.

VICE é um aplicativo de emulação que roda em uma máquina Unix, MS-DOS, Win32, OS/2, BeOS, QNX 4.x, QNX 6.x, Amiga, Syllable ou Mac OS X e executa programas voltados para os antigos computadores Commodore de 8-bits.

Como instalar o emulador de Commodore VICE no LinuxComo instalar o emulador de Commodore VICE no Linux

A versão atual emula o C64, o C64DTV, o C128, o VIC20, praticamente todos os modelos PET, o PLUS4 e o CBM-II (também conhecido como C610/C510).

Além de tudo isso, um emulador extra é fornecido para o C64 expandido com o CMD SuperCPU.

Como instalar o emulador de Commodore VICE no Linux via Flatpak

Para instalar o emulador de Commodore VICE no Linux via Flatpak você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a Flatpak no Linux

Depois, você pode instalar o emulador de Commodore VICE via Flatpak, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Use o comando abaixo para instalar o programa via Flatpak. Mas tenha paciência, pois muitas vezes pode demorar vários minutos para que o Flatpak faça o download de tudo o que precisa;

flatpak install --user https://flathub.org/repo/appstream/net.sf.VICE.flatpakref

Passo 3. Para atualizar o programa, quando uma nova versão estiver disponível, execute o comando:

flatpak --user update net.sf.VICE

Passo 4. E se precisar desinstalar o programa, execute o seguinte comando no terminal:

flatpak --user uninstall net.sf.VICE

Ou

flatpak uninstall net.sf.VICE

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite flatpak run net.sf.VICE em um terminal.

Você também pode tentar iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite vice ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

E se você gostou do aplicativo, deixe suas impressões nos comentários!

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o divertido jogo de tiro Xonotic no Linux via Flatpak

Se você quer se divertir através de um incrível , conheça e veja como instalar o de no Linux via .

O Xonotic é um divertido e viciante shooter em primeira pessoa, estilo arena, com movimentos nítidos e uma grande variedade de armas.

Como instalar o divertido jogo de tiro Xonotic no Linux via FlatpakComo instalar o divertido jogo de tiro Xonotic no Linux via Flatpak

Esse jogo é e sempre será free-to-play, e combina mecânica intuitiva com ação direta para elevar sua frequência cardíaca.

Xonótico tem 9 armas nucleares e 16 armas completas no seu arsenal. Cada um tem um fogo primário e um fogo secundário semelhante ao UT. Eles são úteis em situações particulares, então a escolha de armas é crítica.

Xonotic tem uma enorme variedade de modos de jogo para você jogar, graças ao apoio da comunidade.

Ele tem os modos normais de jogo que você esperaria de um shooter de arena como o Deathmatch (FFA), o Capture The Flag e o Clan Arena, além de outros modos como Nexball e Freeze Tag. Corrida Multiplayer também é suportada!

O game tem naves xonóticas prontas para jogar com 25 mapas oficiais, com dúzias de mapas feitos na comunidade, a apenas um clique de distância.

Os mapas clássicos do Nexuiz também são suportados, incluindo aqueles convertidos do Quake 3! Os interessados ​​em criar mapas podem usar o editor de mapas, que também acompanha o jogo.

Acompanhe seu progresso com o XonStat, o aplicativo integrado de estatísticas do jogador e veja estatísticas vitais como sua morte: razão de morte, dano e precisão das armas e recentes. O acompanhamento é totalmente opcional e não é necessário fazer login!

Adapte as informações na tela ao que você está acostumado com o editor de HUD fácil de usar. Fique com os padrões, adicione todos os widgets incríveis ou seja minimalista.

Como instalar o divertido jogo de tiro Xonotic no Linux via Flatpak

Como instalar o jogo de tiro Xonotic no Linux via Flatpak

Para instalar o jogo de tiro Xonotic via Flatpak você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a Flatpak no Linux

Depois, você pode instalar o jogo de tiro Xonotic via Flatpak, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Use o comando abaixo para instalar o programa via Flatpak. Tenha paciência, pois muitas vezes pode demorar vários minutos para que o Flatpak faça o download de tudo o que precisa;

flatpak install --user https://flathub.org/repo/appstream/org.xonotic.Xonotic.flatpakref

Passo 3. Para atualizar o programa, quando uma nova versão estiver disponível, execute o comando:

flatpak --user update org.xonotic.Xonotic

Passo 4. E se precisar desinstalar o programa, execute o seguinte comando no terminal:

flatpak --user uninstall org.xonotic.Xonotic

Ou

flatpak uninstall org.xonotic.Xonotic

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite flatpak run org.xonotic.Xonotic em um terminal.

Você também pode tentar iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite xonotic ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Veja também

Você também pode instalar o programa usando esse outro tutorial:
Como instalar o divertido jogo de tiro Xonotic no Linux via Snap

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o navegador Min no Ubuntu, Debian e derivados

Se a navegação na Internet se tornou uma tarefa lenta e enfadonha, é hora de tentar novas opções, então conheça e veja como instalar o no Ubuntu, Debian e derivados.

O Min é um navegador escrito inteiramente com CSS e JavaScript usando a tecnologia Electron. Min é e foi projetado para ser rápido e usar menos energia da bateria,.

Como instalar o navegador Min no Ubuntu, Debian e derivadosComo instalar o navegador Min no Ubuntu, Debian e derivados

Esse navegador possui recursos importantes como informações da busca DuckDuckGo na barra de pesquisa, bloqueio de anúncios e rastreadores incorporados, pesquisa difusa, pesquisa de texto completo para páginas visitadas, lista de leitura, guias melhoradas(abas abertas para a direita e desvanecimento quando inativas) e um tema escuro.

Por causa desses recursos, a barra de busca responde suas perguntas imediatamente, com informações de DuckDuckGo incluindo entradas da Wikipedia, uma calculadora e muito mais.

Min também permite que você pesquise o conteúdo de cada página que você visita e ir para qualquer site rapidamente com a pesquisa difusa, e obter sugestões antes mesmo de começar a digitar.

Como instalar o navegador Min no Ubuntu, Debian e derivados

Quem quiser instalar o navegador Min no Ubuntu, Debian e outros sistemas que suportam arquivos .deb, deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome min.deb:

wget https://github.com/minbrowser/min/releases/download/v1.9.2/min_1.9.2_i386.deb -O min.deb

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome min.deb:

wget https://github.com/minbrowser/min/releases/download/v1.11.2/min_1.11.2_amd64.deb -O min.deb

Passo 5. Agora instale o programa com os comandos abaixo:

sudo dpkg -i min.deb
sudo apt-get install -f

Passo 6. Se preferir, use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt install ./min.deb

Passo 7. Depois, se precisar desinstalar o programa, use esse comando:

sudo apt-get remove min*

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite min ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o ambiente i3 no Ubuntu, Debian e derivados

Se você procura um gerenciador de janelas peso pena, conheça e veja como instalar o no Ubuntu, Debian e derivados.

Disponível para sistemas Linux e BSD, o i3 é um gerenciador de janelas lado a lado de código aberto (licença BSD), completamente escrito a partir do zero. Apesar do ambiente ser direcionado principalmente para usuários avançados e desenvolvedores, isso não impede que qualquer um possa .

Como instalar o ambiente i3 no Ubuntu, Debian e derivadosComo instalar o ambiente i3 no Ubuntu, Debian e derivados

Esse ambiente é uma excelente opção para quem gosta de e precisa poupar , pois além de leve, ele também é muito simples de configurar, já que suas configurações são definidas em texto simples.

Ele suporta vários monitores, e cada área de trabalho fica em um monitor automaticamente. Além disso, ele é acessível tanto através de teclas de atalho, como por meio do mouse.

Como instalar o ambiente i3 no Ubuntu, Debian e derivados

Como instalar o ambiente i3 no Ubuntu, Debian e derivados

Como instalar o ambiente i3 no Ubuntu, Debian e seus derivados

Para instalar o ambiente i3 no Ubuntu, Debian e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal (pressionando as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando;

echo "deb http://debian.sur5r.net/i3/ $(lsb_release -c -s) universe" | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/i3.list

Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando;

sudo apt-get update

Passo 4. Instale a chave do repositório com o comando abaixo;

sudo apt-get --allow-unauthenticated install sur5r-keyring

Passo 5. Novamente, atualize o gerenciador de pacotes com o comando;

sudo apt-get update

Passo 6. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install i3

Como instalar o ambiente i3 manualmente ou em outras distros

Para aqueles que não conseguiram instalar com o procedimento acima, não querem adicionar o repositório ou querem tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar o arquivo DEB do programa nesse link e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele).

Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma atualização do programa.

Saia da sessão atual e quando aparecer a tela de login, escolha o i3. Entre com seu usuário e senha e depois comece a experimentar o ambiente.

Para mais detalhes sobre o uso do i3, consulte o documento Guia do Usuário

Desinstalando o ambiente i3 no Ubuntu, Debian e derivados

Para desinstalar o ambiente i3 no Ubuntu, Debian e derivados, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando os comandos abaixo;

sudo apt-get remove i3 --auto-remove

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o gerenciador de projeto ProjectLibre no Linux via Snap

Se você quer acompanhar melhor o andamento de suas atividades, conheça e veja como instalar o de projetos ProjectLibre no Linux via .

O ProjectLibre é um software de gerenciamento de projetos, e a principal ao Microsoft Project.

Como instalar o gerenciador de projeto ProjectLibre no Linux via SnapComo instalar o gerenciador de projeto ProjectLibre no Linux via Snap

Com uma comunidade com mais de 115.000 membros de gerenciamento de projetos, ele foi baixado mais de 4.000.000 vezes em 200 países e ganhou o prêmio “Best of Open Source” da InfoWorld.

ProjectLibre é compatível com arquivos do Microsoft Project 2003, 2007 e 2010. Você pode simplesmente abri-los no Linux, Mac OS ou Windows.

O programa foi reescrito e adicionado os principais recursos como compatibilidade com o Microsoft Project, gráficos de Gantt, diagrama de rede, gráficos WBS/RBS, custo do Valor Agregado e histogramas de recursos.
Como instalar o gerenciador de projeto ProjectLibre no Linux via Snap

Como instalar o gerenciador de projetos ProjectLibre no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para instalar o gerenciador de projetos ProjectLibre no Linux via Snap você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a pacotes Snap no Linux

Depois, você pode instalar o gerenciador de projetos ProjectLibre no Linux via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale a versão estável do programa, usando esse comando:

sudo snap install projectlibre

Passo 3. Instale a versão candidate do programa, usando esse comando:

sudo snap install projectlibre --candidate

Passo 4. Instale a versão beta do programa, usando esse comando:

sudo snap install projectlibre --beta

Passo 5. Instale a versão edge do programa, usando esse comando:

sudo snap install projectlibre --edge

Passo 6. Mais tarde, se você precisar atualizar o programa, use:

sudo snap refresh projectlibre

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite projectlibre ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Como desinstalar o gerenciador de projetos ProjectLibre no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para desinstalar o gerenciador de projetos ProjectLibre no Linux via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo snap remove projectlibre

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o app de notas autoadesivas Notejot no Linux via Flatpak

Se você não quer perder nenhuma ideia (ou quer lembrar de algo), conheça e veja como instalar o app de autoadesivas Notejot no Linux via Flatpak.

Notejot é um aplicativo de notas autoadesivas estupidamente simples para qualquer tipo de notas ou idéias de curto prazo.

Como instalar o app de notas autoadesivas Notejot no Linux via FlatpakComo instalar o app de notas autoadesivas Notejot no Linux via Flatpak

Saia a qualquer momento com o atalho Ctrl + Q, o ícone de alfinete das Notas gira quando ativo.
Estilo de sub/superação quando houver mais texto.

Como instalar o app de notas autoadesivas Notejot no Linux via Flatpak

Para instalar o app de notas autoadesivas Notejot via Flatpak você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a Flatpak no Linux

Depois, você pode instalar o app de notas autoadesivas Notejot via Flatpak, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Use o comando abaixo para instalar o programa via Flatpak. Tenha paciência, pois muitas vezes pode demorar vários minutos para que o Flatpak faça o download de tudo o que precisa;

flatpak install --user https://flathub.org/repo/appstream/com.github.lainsce.notejot.flatpakref

Passo 3. Para atualizar o programa, quando uma nova versão estiver disponível, execute o comando:

flatpak --user update com.github.lainsce.notejot

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite flatpak run com.github.lainsce.notejot em um terminal.

Você também pode tentar iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite notejot ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Como desinstalar o app de notas autoadesivas Notejot no Linux via Flatpak

Para desinstalar o app de notas autoadesivas Notejot via Flatpak, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando o seguinte comando no terminal:

flatpak --user uninstall com.github.lainsce.notejot

Ou

flatpak uninstall com.github.lainsce.notejot

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

14 de fevereiro de 2020

Como instalar o editor de textos Skrifa no Linux via Snap

Se você precisa de uma ferramenta simples para editar textos, conheça e veja como instalar o de textos Skrifa no Linux via Snap.

Skrifa é um processador de simples, construído com tecnologias web. Da escola ao seu escritório, o Skrifa é o processador de para todos.

Como instalar o editor de textos Skrifa no Linux via SnapComo instalar o editor de textos Skrifa no Linux via Snap

Com uma interface mínima, livre de distrações, simples e poderosa, ela é focada no que realmente importa, no seu conteúdo.

É tão versátil que você não terá nenhum problema em usá-lo para qualquer cenário, como um usuário avançado ou apenas como um simples aplicativo de anotações rápidas.

Todas as suas anotações são salvas e criptografadas localmente usando chaves PGP.

O Skrifa ajuda você com coisas simples, como estilo de texto, adicionar vídeos e imagens, mas também há recursos para coisas mais específicas, como escrever código, tabelas de matemática e dados.

Você pode importar notas de:

  • Documentos de remarcação (.md);
  • Documentos do Word (.docx);
  • Notas do Chrome Skrifa (.skrifa);
  • Notas do Skrifa (.skf);
  • Documentos de texto (.txt).

Como instalar o editor de textos Skrifa no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para instalar o editor de textos Skrifa no Linux via Snap você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a pacotes Snap no Linux

Depois, você pode instalar o editor de textos Skrifa via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale a versão estável do programa, usando esse comando:

sudo snap install skrifa

Passo 3. Mais tarde, se você precisar atualizar o programa, use:

sudo snap refresh skrifa

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite skrifa ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Como desinstalar o editor de textos Skrifa no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para desinstalar o editor de textos Skrifa via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo snap remove skrifa

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como ativar um driver proprietário no Ubuntu

Se você precisa muito usar um dispositivo e o de código aberto dele não é suficiente para isso, veja como um proprietário no Ubuntu.

Por padrão, o Ubuntu utiliza um driver de código aberto para cada um dos hardwares localizados durante a instalação. Contudo, nem sempre o driver aberto é a melhor opção, e infelizmente, as vezes é necessário usar um driver proprietário.

Como ativar um driver proprietário no UbuntuComo ativar um driver proprietário no Ubuntu

Um bom exemplo dessa situação é o caso das placas de vídeo, que em determinadas utilidades, só oferecem um bom desempenho quando é usado o driver proprietário.

Claro, isso não é uma unanimidade, pois alguns de código aberto são muito bons.

A boa noticia é que a instalação padrão do Ubuntu oferece um recurso chamado “Drivers Adicionais”.

Essa funcionalidade serve para ajudar aqueles que precisam mesmo usar driver proprietários, ou simplesmente alternar entre o driver proprietário e o aberto momentaneamente.

A seguir, veja como usar esse recurso, usando a opção Configurações do sistema do Unity.

Como ativar um driver proprietário no Ubuntu

Para ativar um driver proprietário no Ubuntu, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Se você estiver usando o Ubuntu com Unity (17.04 ou inferior), clique no Dash e digite “Programas e atualizações”. Depois, clique no ícone do programa para executá-lo;

Como ativar um driver proprietário no Ubuntu

Passo 2. Se você estiver usando o Ubuntu com Gnome (17.10 ou superior), clique em “Atividades” e digite “Programas e atualizações”. Depois, clique no ícone do programa para executá-lo;

Como ativar um driver proprietário no Ubuntu

Passo 3. Dentro de “Programas e atualizações”, clique na aba “Drivers adicionais”. Escolha o driver que for mais adequado, confirme clicando no botão “Aplicar alterações” e siga as instruções do sistema;

Como ativar um driver proprietário no Ubuntu

Pronto! Você ativou um driver proprietário no Ubuntu!

Veja também

Se depois você precisar desativar, veja esse toutro tutorial:
Como desativar driver proprietário no Ubuntu

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o jogo Duck Marines no Linux via Snap

Se você é fã do game da Sonic Team, conheça e veja como instalar o jogo no Linux via , e divirta-se!

Duck Marines é um remake PC de software livre multi-plataforma do ChuChu Rocket da Sonic Team.

Como instalar o jogo Duck Marines no Linux via SnapComo instalar o jogo Duck Marines no Linux via Snap

Duck Marines tenta recriar a magia do multiplayer local do ChuChu Rocket ao adicionar novos elementos como mini-jogos, um editor de níveis, pixel art colorido e muito mais.

[embedded content]

Como instalar o jogo Duck Marines no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para instalar o jogo Duck Marines via Snap você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a pacotes Snap no Linux

Depois, você pode instalar o jogo Duck Marines via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale a versão estável do programa, usando esse comando:

sudo snap install duckmarines

Passo 3. Instale a versão beta do programa, usando esse comando:

sudo snap install duckmarines --beta

Passo 5. Instale a versão edge do programa, usando esse comando:

sudo snap install duckmarines --edge

Passo 6. Mais tarde, se você precisar atualizar o programa, use:

sudo snap refresh duckmarines

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite duckmarines ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Como desinstalar o jogo Duck Marines no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para desinstalar o jogo Duck Marines via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo snap remove duckmarines

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o cliente Owncloud no Linux via Snap/deb

Se você procura uma forma de acessar seus arquivos de qualquer lugar, conheça e veja como instalar o no Linux.

ownCloud é uma solução de hospedagem em nuvem que pode ser implantada em casa e usada localmente ou acessada de qualquer lugar.

Como instalar o cliente Owncloud no LinuxComo instalar o cliente Owncloud no Linux

Esse funciona de forma semelhante ao Dropbox/OneDrive/Google Drive e assim por diante, só que com mais funcionalidades.

Com Owncloud, qualquer pessoa pode criar um servidor privado em casa/escritório ou para negócios. O ownCloud também suporta serviços on-line como o Google Drive, com edição de documentos on-line, calendário e sincronização de contatos, e muito mais.

Agora, você não precisa mais pagar a ninguém para hospedar seus dados, porque pode armazena eles em seu próprio servidor e acessá-lo usando ownCloud de qualquer dispositivo dentro da rede e de qualquer lugar do mundo (você deve configurá-lo).

O servidor ownCloud é escrito nas linguagens de script PHP e JavaScript. Para acesso remoto, ele emprega SabreDAV, um servidor WebDAV open-source. O ownCloud foi projetado para trabalhar com vários sistemas de gerenciamento de banco de dados, incluindo SQLite, MariaDB, MySQL, Oracle Database, MSSQL e PostgreSQL.

Para sincronizar arquivos com seu servidor Owncloud, o desktop (para Linux, Windows e Mac OS X) e clientes móveis (Android e iOS) estão disponíveis.

Arquivos e outros dados (como calendários, contatos ou marcadores) também podem ser acessados ​​usando um navegador da Web sem nenhum software adicional.

Todas as atualizações de arquivos são empurradas entre todos os computadores ou dispositivos móveis conectados à conta de um usuário. Acesse, sincronize e compartilhe seus dados, sob seu controle.

O ownCloud fornece acesso aos seus dados através de uma interface web ou WebDAV enquanto fornece uma plataforma para visualizar, sincronizar e compartilhar entre dispositivos facilmente, tudo sob seu controle.

Além disso, a arquitetura aberta do ownCloud é extensível através de uma API simples, mas poderosa para aplicativos e plugins e funciona com qualquer .

Usando aplicativos móveis próprios, você pode navegar em todos os seus arquivos sincronizados do ownCloud, criar e editar arquivos novos, compartilhar esses arquivos e pastas com colegas de trabalho e manter o conteúdo dessas pastas em sincronia em todos os seus dispositivos.

Basta copiar um arquivo para um diretório em seu servidor e ownCloud faz o resto.

Seja usando um dispositivo móvel, um desktop ou o cliente web, o ownCloud oferece a capacidade de colocar os arquivos certos nas mãos diretas no momento certo em qualquer dispositivo em uma solução simples, segura, privada e controlada.

Como instalar o cliente Owncloud no Linux

Para instalar o cliente Owncloud no Linux, use um dos procedimentos abaixo.

Como instalar a versão mais recente do cliente Owncloud no Linux em distros que suportam

Para instalar o cliente Owncloud no Linux via Snap você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a pacotes Snap no Linux

Depois, você pode instalar o cliente Owncloud no Linux via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale a versão estável do programa, usando esse comando:

sudo snap install owncloud

Passo 3. Mais tarde, se você precisar atualizar o programa, use:

sudo snap refresh nextcloud

Passo 4. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo snap remove nextcloud

Como instalar o cliente Owncloud no Linux Ubuntu, Debian e derivados

Quem quiser instalar o cliente Owncloud no Linux Ubuntu, Debian e outros sistemas que suportam arquivos .deb, deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Se você estiver usando o Ubuntu 14.04, 16.04, 17.04, 17.10, 18.04 ou superior (e derivado deles), adicione o repositório do programa com estes comandos;

sudo sh -c "echo 'deb http://download.owncloud.org/download/repositories/stable/Ubuntu_$(lsb_release -rs)/ /' >> /etc/apt/sources.list.d/owncloud.list"

Passo 3. Baixe e instale a chave do repositório, usando o comando abaixo;

wget http://download.owncloud.org/download/repositories/stable/Ubuntu_$(lsb_release -rs)/Release.key;sudo apt-key add - < Release.key

Passo 4. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 5. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install owncloud owncloud-files

Passo 6. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo apt-get remove owncloud owncloud-files --auto-remove

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite owncloud ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o servidor Joy2DroidX no Linux via AppImage

Se você quer transformar seu Android em um controlador virtual ou DualShock 4, veja como instalar o no Linux via AppImage.

Joy2DroidX permite que você use seu dispositivo Android como um controlador virtual Xbox 360 ou .

Como instalar o servidor Joy2DroidX no Linux via AppImageComo instalar o servidor Joy2DroidX no Linux via AppImage

Use o seu telefone Android como um controlador virtual Xbox 360 ou gamepad DualShock 4 no seu PC Windows ou Linux. Este aplicativo será o servidor que deve ser executado no Windows ou no Linux.

Ele consiste em um servidor que é executado no Windows, no Linux e em um aplicativo para Android.

O servidor (este aplicativo) ouve a entrada de dispositivos Android conectados e gerencia a criação/exclusão de dispositivos virtuais. Ele usa UInput no Linux e ViGEm no Windows.

Durante a execução, o servidor não requer nenhum privilégio especial, a configuração inicial (definir permissões de UInput no Linux e instalar o driver no Windows) requer acesso root/administrador.

Embora não haja nada que impeça a execução do aplicativo em qualquer dispositivo Android, ele só foi testado em telefones Android.

Como instalar o servidor Joy2DroidX no Linux via arquivo AppImage

Para instalar o servidor Joy2DroidX no Linux via arquivo AppImage, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome joy2droidx.appimage:

wget https://github.com/OzymandiasTheGreat/Joy2DroidX-server/releases/download/v0.1.0/Joy2DroidX-server-0.1.0-x86_64.AppImage -O joy2droidx.appimage

Passo 4. Dê permissão de execução para o arquivo baixado;

chmod +x joy2droidx.appimage

Passo 5. Agora instale o programa com o comando;

sudo ./joy2droidx.appimage --install

Passo 6. Quando você inicia o arquivo pela primeira vez, será perguntado se deseja integrar o programa com o sistema. Clique em “Yes” (Sim) se quiser integrá-lo ou clique em “No” (Não), se não quiser. Se você escolher Sim, o iniciador do programa será adicionado ao menu de aplicativos e ícones de instalação. Se você escolher “No”, sempre terá que iniciá-lo clicando duas vezes no arquivo AppImage.

Usando o Joy2DroidX pela primeira vez

Você precisa configurar o sistema antes da primeira execução. Joy2DroidX fornece um comando de conveniência que faz isso para você, mas requer acesso root/administrador.

Basta executar o j2dx –setup como root ou a partir do prompt de comando do administrador.

No Linux, isso criará uma regra do udev para UInput e adicionará o usuário atual ao grupo j2dx.

Se você não estiver usando sudo ou a detecção de usuário falhar por outro motivo, você poderá fornecer o nome de usuário como um argumento para –setup.

Para que as regras do udev e as alterações de grupo entrem em vigor, você terá que reiniciar o sistema.

No Windows, isso fará o download do driver ViGEmBus e solicitará que você o instale. Uma vez que o driver esteja configurado, você pode usar o Joy2DroidX, não é necessário reiniciar.

Usando o Joy2DroidX regularmente

Executar j2dx (no Windows você pode apenas um duplo clique em j2dx.exe), digitalizar QRCode a partir do aplicativo Android e é isso. Tudo deveria funcionar.

O modo de dispositivo de comutação é feito no aplicativo Android.

O servidor não precisa de nenhuma configuração extra. Se você tiver uma configuração de rede incomum ou a porta padrão for usada por outro processo, há duas opções que você pode modificar:

-p, –port permite que você use uma porta diferente. O padrão é 8013.
-H, –host se a detecção do nome do host falhar, você pode especificar um nome de host ou o endereço IP do seu computador.
-d, –debug você não deveria precisar disso. Se você encontrar bugs, execute j2dx -d e abra um problema com um link para depurar a saída (use um gist ou pastebin para isso).

Integrando os aplicativos AppImage no sistema

Se você quiser integrar melhor esse programa no seu sistema, instale o AppImageLauncher, usando esse tutorial:
Como instalar o integrador AppImageLauncher no Linux

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o cliente MusixMatch no Linux via Snap

Se você quer exibir as de do spotify no seu desktop, veja como instalar o cliente no Linux via Snap.

Musixmatch é conhecida como ‘a maior plataforma de letras do mundo’, pois permite que seus usuários visualizar letras para praticamente qualquer faixa musical de qualquer artista.

Como instalar o cliente MusixMatch no Linux via SnapComo instalar o cliente MusixMatch no Linux via Snap

Ela também é uma plataforma colaborativa, permitindo que os usuários adicionem letras, editem letras e o tempo das letras para serem sincronizadas com a música.

O cliente MusixMatch é executado como uma janela separada e pequena, fora do Spotify. Ele está configurado para flutuar no topo por padrão.

Um pequeno conjunto de configurações também está acessível, todos habilitados por padrão. No painel de configurações, você pode escolher se o aplicativo Musixmatch ficará sempre no topo, se o aplicativo deve ser executado na inicialização, e se ele deverá mostrar notificações nativas em mudanças de faixa.

Se você gosta da ideia de letras sincronizadas, mas prefere não executar um aplicativo separado para vê-las, confira copmo instalar o Deepin Music (que possui uma característica semelhante integrada ao próprio player), no tutorial abaixo:.

Como instalar a última versão do Deepin Music Player no Linux

Como instalar o cliente MusixMatch no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para instalar o cliente MusixMatch no Linux via Snap você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a pacotes Snap no Linux

Depois, você pode instalar o cliente MusixMatch no Linux via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale a versão estável do programa, usando esse comando:

sudo snap install musixmatch

Passo 3. Instale a versão candidate do programa, usando esse comando:

sudo snap install musixmatch --candidate

Passo 4. Mais tarde, se você precisar atualizar o programa, use:

sudo snap refresh musixmatch

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite musixmatch ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Como desinstalar o cliente MusixMatch no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para desinstalar o cliente MusixMatch via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo snap remove musixmatch

Veja também

Você também pode instalar o programa usando esse outro tutorial:
Como instalar o MusixMatch no Ubuntu, Debian e derivados

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

13 de fevereiro de 2020

Como instalar a versão mais recente do MATE Dock Applet

O do está sempre sendo atualizado. Por isso, se você usa o , veja como a versão mais recente do Dock Applet.

MATE Dock Applet é um miniaplicativo do MATE que exibe as janelas do aplicativo em execução como ícones, que possui a opção de encaixar aplicativos no dock, suporta vários espaços de trabalho, permite alterar o ícone do MATE para a cor do papel de parede do desktop dominante e muito mais.

Como instalar a versão mais recente do MATE Dock Applet

As versões mais recentes incluem um novo indicador para aplicativos em execução – uma barra sólida que usa a cor de destaque definida pelo tema GTK3 (já que apenas o Ubuntu MATE 16.10 usa GTK3, isso não se aplica a versões antigas do Ubuntu MATE).

Para GTK2, este indicador assume como padrão cinza, mas há uma nova opção nas preferências de applet que permite definir a cor desse indicador:

Como instalar a versão mais recente do MATE Dock Applet

Também é possível escolher entre um gradiente ou um preenchimento sólido para o fundo do ícone ativo. Além disso, a janela Preferências do MATE Dock inclui uma visualização ao vivo, que exibe como o ícone e o ícone do ícone ativo se parecerão.

Como instalar o MATE Dock Applet no Ubuntu e seus derivados

Dock Applet do MATE está disponível nos repositórios oficiais de algumas versões do Ubuntu, e pode ser instalado usando a Central de programas ou usando o comando sudo apt-get install mate-dock-applet.

Mas se a sua versão não disponibiliza ele ou você quer a versão mais recente, para instalar o programa no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal (use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/mate

Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get 

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install mate-dock-applet

Como instalar o MATE Dock Applet manualmente ou em outras distros

Para aqueles que não conseguiram instalar com o procedimento acima, não querem adicionar o repositório ou querem tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar o arquivo DEB do programa na página de download do repositório e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele).

Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma do programa.

Se você já tiver o Dock Applet do MATE adicionado em um painel, apenas reinicie a sessão (fazendo logout, e depois, login).

Se ainda não tiver o MATE Dock adicionado em um painel, para adicionar o applet ao painel MATE, clique com o botão direito do mouse nele, selecione “Adicionar ao Painel”, procure “Dock” e clique em “Adicionar”. E Pronto!

Desinstalando o MATE Dock Applet no Ubuntu e derivados

Para desinstalar o Applet do MATE no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando os comandos abaixo;

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/mate -r -y
sudo apt-get remove mate-dock-applet --auto-remove

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o gerenciador de servidores Unifydmin no Linux via Flatpak

Se você precisa administrar servidor a partir de um único local, conheça e veja como instalar o de servidores Unifydmin no Linux via Flatpak.

Unifydminé uma aplicativo que permite que o usuário controle todos os seus servidores de um único lugar.

Como instalar o gerenciador de servidores Unifydmin no Linux via FlatpakComo instalar o gerenciador de servidores Unifydmin no Linux via Flatpak

Com o Unifydmin você pode adicionar todos os seus servidores, independentemente da distribuição, sem instalar nada neles.

A comunicação acontece via SSH, usando as chaves existentes e configuradas, portanto, pouca ou nenhuma configuração é necessária.

Você pode monitorar vários parâmetros gerais, como CPU e RAM, bem como abrir portas e serviços ativos.

Você também pode executar várias ações como atualizações sem se preocupar com o gerenciador de pacotes de distribuição, um pequeno middleware é construído para adaptar qualquer ação a todas as distribuições suportadas.

Se você quiser realizar ações como root, você deve habilitar o login root em seu servidor e adicionar sua chave pública existente.

Como instalar o gerenciador de servidores Unifydmin no Linux via Flatpak

Para instalar o gerenciador de servidores Unifydmin no Linux via Flatpak você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a Flatpak no Linux

Depois, você pode instalar o gerenciador de servidores Unifydmin via Flatpak, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Use o comando abaixo para instalar o programa via Flatpak. Tenha paciência, pois muitas vezes pode demorar vários minutos para que o Flatpak faça o download de tudo o que precisa;

flatpak install --user https://flathub.org/repo/appstream/org.gabmus.unifydmin.flatpakref

Passo 3. Para atualizar o programa, quando uma nova versão estiver disponível, execute o comando:

flatpak --user update org.gabmus.unifydmin

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite flatpak run org.gabmus.unifydmin em um terminal.

Você também pode tentar iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite unifydmin ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Como desinstalar o gerenciador de servidores Unifydmin no Linux via Flatpak

Para desinstalar o gerenciador de servidores Unifydmin via Flatpak, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando o seguinte comando no terminal:

flatpak --user uninstall org.gabmus.unifydmin

Ou

flatpak uninstall org.gabmus.unifydmin

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o jogo nInvaders e se divertir no terminal

Se você gosta de antigos e simples, tem de conhecer e descobrir como instalar o , e se divertir no terminal.

nInvaders é uma versão terminal do popular e divertido jogo .

Como instalar o jogo nInvaders e se divertir no terminalComo instalar o jogo nInvaders e se divertir no terminal

Nele, os jogadores têm que defender a Terra dos invasores espaciais, controlando navios de guerra na parte inferior da tela (Terra). O objetivo principal do jogo é destruir ondas de naves com uma espaçonave humana para ganhar o maior número de pontos possível.

Para quem não conhece, Space Invaders é um jogo de videogame de arcade desenhado por Tomohiro Nishikado e que foi lançado em 1978. Ele foi um dos primeiros jogos de tiro com gráfico bidimensional.

Essa game foi originalmente construído pela Taito Corporation e um tempo depois foi licenciado para produção nos Estados Unidos pela Midway Games.
Para construir o jogo, Nishikado se inspirou na mídia popular, como Guerra dos Mundos e Star Wars.

Como instalar o jogo nInvaders e se divertir no terminal

Para instalar o jogo nInvaders no Linux, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Para instalar o jogo nInvaders no Debian, Ubuntu e derivados, use esse comando;

sudo apt-get install ninvaders

Passo 3. Para instalar o jogo nInvaders no Fedora, RHEL, CentOS e derivados, use esse comando;

sudo yum install ninvaders

ou

sudo dnf install ninvaders

Passo 4. Para instalar o jogo nInvaders no OpenSuse e derivados, use esse comando;

sudo zypper install ninvaders

Usando o nInvaders

Agora que o jogo já está instalado, quando quiser iniciá-lo, digite ninvaders em um terminal, e tecle enter.

Use a tecla de espaço para iniciar o jogo e atirar, e as setas direita e esquerda para se movimentar para escapar dos inimigos e acertá-los.

Assim como no Space Invaders, em nInvaders, o jogador controla os movimentos da arma “Laser Base”, um canhão laser que se movimento na parte inferior da tela.

Da parte superior marcham em direção ao canhão aliens organizados em linhas.

O objetivo do jogador é evitar que os aliens atinjam a parte inferior da tela, para essa tarefa o canhão possui munição infinita para atirar.

Ao acertar e destruir um número grande aliens os restantes começam a marchar mais rapidamente em direção ao jogador.

Quando o jogador elimina todos os aliens uma nova formação é montada agora iniciando uma linha abaixo da formação anterior.

Ocasionalmente, uma nave surge voando na parte superior da tela e dá ao jogador pontos extras quando atingida.

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar a linguagem de programação R no Ubuntu e derivados

Se você precisa criar programas que trabalham com computação estatística e gráficos, conheça e veja como instalar a de no Ubuntu e derivados.

A programação é uma parte elementar da ciência da computação. Cria aplicativos que resolvem alguns problemas diários. Você pode fazer aplicações de todos os tipos e algumas orientadas para estatísticas, usando a linguagem de programação R.

Como instalar a linguagem de programação R no Ubuntu e derivadosComo instalar a linguagem de programação R no Ubuntu e derivados

R é um ambiente de software livre para computação estatística e gráficos. Ele compila e roda em uma ampla variedade de plataformas UNIX, Windows e MacOS.

Além disso, é também uma linguagem muito bem documentada e tem seu próprio formato de documentação semelhante ao LaTeX.

Entre as vantagens do R, está sua grande semelhança sintática com o S-Plus, que facilitou a migração de muitos usuários.

Igualmente importante é o fato de ser uma linguagem com um ciclo de desenvolvimento muito ativo.

Um dos pontos fortes de R é a facilidade com que plotagens de qualidade de publicação bem projetadas podem ser produzidas, incluindo símbolos matemáticos e fórmulas, quando necessário.

Outra grande vantagem é que R é multiplataforma, ou seja, pode ser instalado tanto no Windows quanto em qualquer distribuição Linux.

Entretanto, R não é uma linguagem de programação para todas as pessoas ou para todas as circunstâncias.

Por outro lado, é uma linguagem bastante orientada para a manipulação de dados para fins estatísticos e que a torna uma alternativa bastante confiável para o seu assunto.

Como instalar a linguagem de programação R no Ubuntu e derivados

Para instalar a linguagem de programação R no Ubuntu e derivados, e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal (use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se você estiver usando o Ubuntu 18.04, adicione o repositório do programa com este comando;

sudo add-apt-repository 'deb https://cloud.r-project.org/bin/linux/ubuntu bionic-cran35/'

Passo 3. Em seguida, baixe e instale a chave desse repositório;

sudo apt-key adv --keyserver keyserver.ubuntu.com --recv-keys E298A3A825C0D65DFD57CBB651716619E084DAB9

Passo 4. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 5. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install r-base

Como instalar a linguagem de programação R manualmente ou em outras distros

Para aqueles que não conseguiram instalar com o procedimento acima, não querem adicionar o repositório ou querem tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar o arquivo DEB do programa na página de download do repositório e instalando ele manualmente (clicando duas vezes nele).

Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma atualização do programa.

Pronto! Agora você pode começar a usar R.

Para verificar a instalação que fizemos. Para fazer isso, digite o comando abaixo em um terminal e você verá o console R.

sudo -i R

Desinstalando a linguagem de programação R no Ubuntu e derivados

Para desinstalar a linguagem de programação R no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando os comandos abaixo;

sudo add-apt-repository 'deb https://cloud.r-project.org/bin/linux/ubuntu bionic-cran35/' -r -y
sudo apt-get remove r-base --auto-remove

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o modelador de vetores Ommpfritt no Linux via AppImage

Se você precisa de uma ferramenta de modelagem avançada, conheça e veja como instalar o modelador de vetores Ommpfritt no Linux via .

Ommpfritt é um software de modelagem de vetores semântico, processual e não destrutivo, gratuito e de código aberto para o Linux, Windows e MacOS, coberto pela licença de código aberto GNU General Public License v3.0 License.

Como instalar o modelador de vetores Ommpfritt no Linux via AppImageComo instalar o modelador de vetores Ommpfritt no Linux via AppImage

Com este programa, os usuários podem criar e editar gráficos animados, desenhos técnicos, diagramas e ícones. Ommpfritt permite salvar cenas no formato json. Ele vem com suporte para objetos, etiquetas, estilo e ferramentas.

Usando o intérprete interno do Python, ele permite alterar cada propriedade. Alguns outros recursos importantes são o suporte à seleção múltipla ou a animação do quadro-chave. O principal caso de uso é criar e editar informações gráficas animadas, diagramas, ícones e desenhos semi-técnicos.

Este aplicativo de modelagem vetorial traz ferramentas de modelagem (3D) ao mundo dos gráficos vetoriais . O design do aplicativo incentiva e apoia o usuário a produzir documentos que podem ser mantidos, usando conceitos como modelagem de procedimentos e edição não destrutiva.

O conceito oferecido por este programa é encontrado entre os editores tradicionais de gráficos vetoriais (como inkscape), aplicativos CAD e ferramentas de modelagem (3D).

Este programa oferece aos usuários, entre outros, os seguintes recursos:

  • Permite carregar e salvar cenas em formato json, legíveis por humanos.
  • Todas as modificações feitas em uma cena podem ser desfeitas (desfazer / refazer ilimitadamente).
  • O programa nos permitirá trabalhar com conceitos simples, com poucos tipos de elementos muito específicos (Objeto, Etiqueta, Estilo ou Ferramenta).
  • Oferecere suporte ao arrastar e soltar: mover, copiar ou vincular objetos, rótulos e estilos naturalmente.
  • Você pode acessar e modificar as propriedades de objetos, rótulos, estilos e ferramentas a qualquer momento. Cada propriedade pode ser acessada e modificada usando o intérprete interno do Python.
  • Os usuários poderão criar hierarquias de objetos complexos e grupos de objetos.
  • Sua GUI é flexível graças aos widgets acopláveis.
  • Cada usuário poderá alterar as cores da interface, neste aspecto é muito personalizável.
  • Você pode adicionar propriedades em tempo de execução.
  • Suporte à seleção múltipla de propriedades. A interseção compatível das propriedades de todos os elementos selecionados (objetos, etiquetas, estilos ou ferramentas) é exibida e pode ser modificada simultaneamente.
  • Sequências de atalhos de teclado flexíveis e personalizáveis.
  • Permite rasterizar png e jpg. Também nos dará a possibilidade de exportar para SVG.
  • Permite encontrar o programa disponível em diferentes idiomas. Atualmente, teremos inglês, espanhol e alemão.

Como instalar o modelagem de vetores Ommpfritt no Linux via arquivo AppImage

Para instalar o modelagem de vetores Ommpfritt no Linux via arquivo AppImage, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome ommpfritt.appimage:

wget https://github.com/pasbi/ommpfritt/releases/download/continuous/ommpfritt-06a64c5-x86_64.AppImage -O ommpfritt.appimage

Passo 4. Dê permissão de execução para o arquivo baixado;

chmod a+x ommpfritt.appimage

Passo 5. Agora instale o programa com o comando;

sudo ./ommpfritt.appimage --install

Passo 6. Quando você inicia o arquivo pela primeira vez, será perguntado se deseja integrar o programa com o sistema. Clique em “Yes” (Sim) se quiser integrá-lo ou clique em “No” (Não), se não quiser. Se você escolher Sim, o iniciador do programa será adicionado ao menu de aplicativos e ícones de instalação. Se você escolher “No”, sempre terá que iniciá-lo clicando duas vezes no arquivo AppImage.

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite ommpfritt ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Integrando os aplicativos AppImage no sistema

Se você quiser integrar melhor esse programa no seu sistema, instale o AppImageLauncher, usando esse tutorial:
Como instalar o integrador AppImageLauncher no Linux

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Plugin WordPress GDPR Cookie Consent corrigiu uma falha crítica

O plugin WordPress corrigiu uma falha que permitia que invasores em potencial excluíssem e alterassem conteúdo. Confira os detalhes dessa ameaça.

O plug-in GDPR Cookie Consent foi desenvolvido para permitir que os administradores do site exibam banners personalizáveis ​​de cabeçalho ou rodapé para mostrar a conformidade com a lei de cookies da UE (GDPR) do site.

Plugin WordPress GDPR Cookie Consent corrigiu uma falha críticaPlugin WordPress GDPR Cookie Consent corrigiu uma falha crítica

Esse plug-in, mantido pelo WebToffee, também está entre os 100 mais populares no repositório de plug-ins do WordPress e é usado por mais de 700.000 sites, de acordo com as instalações ativas que contam com a entrada da biblioteca do WordPress.

Recentemente, foram encontrados críticos nesse plug-in que permitem que invasores em potencial excluam e alterem conteúdo e injetem código JavaScript malicioso devido a controles de acesso inadequados.

Plugin WordPress GDPR Cookie Consent corrigiu uma falha crítica

A vulnerabilidade classificada como crítica ainda não possui um ID do CVE e afeta a versão 1.8.2 e anterior. O WebToffee o corrigiu com o lançamento da versão 1.8.3 em 10 de fevereiro, seis dias depois de ter sido relatado ao desenvolvedor do plugin pelo pesquisador de segurança da NinTechNet, Jerome Bruandet.

A empresa de segurança WordPress WordFence, que também identificou de forma independente essa falha depois de corrigida pela WebToffee, diz que “a vulnerabilidade permite que os usuários no nível do assinante executem várias ações que podem comprometer a segurança do site”.

Sobre isso, Bruandet explicou que:

“Um usuário autenticado, como um assinante, pode usá-lo para colocar qualquer página ou publicação existente (ou todo o site) offline, alterando seu status de ‘publicado’ para ‘rascunho’. Além disso, é possível excluir ou alterar seu conteúdo. O conteúdo injetado pode incluir texto formatado, imagens locais ou remotas, além de hiperlinks e códigos de acesso.”

Os possíveis invasores também podem ter a falha de injetar código JavaScript que será carregado e executado automaticamente “sempre que alguém autenticado ou não visitar a página /cli-policy-preview/”.

A vulnerabilidade é causada por um problema de Controle de acesso inadequado na chamada AJAX cli_policy_generator, que expõe as ações get_policy_pageid, autosave_contant_data e save_contentdata aos assinantes.

Nos últimos dois dias desde o lançamento da versão corrigida, pouco mais de 76.000 usuários já atualizaram suas instalações, com mais de 600.000 ainda precisando proteger seus sites contra possíveis ataques na instalação da versão mais recente.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

12 de fevereiro de 2020

Como instalar o modelador UML Umbrello no Linux via Snap

Se você precisa criar diagramas e de outros formatos, conheça e veja como instalar o modelador Umbrello no Linux via Snap.

O Umbrello UML Modeller é um de diagrama da Linguagem de Modelagem Unificada (UML), baseado na Tecnologia KDE.

Como instalar o modelador UML Umbrello no Linux via SnapComo instalar o modelador UML Umbrello no Linux via Snap

A UML permite criar diagramas de software e outros sistemas em um formato padrão para documentar ou projetar a estrutura de seus programas.

Umbrello pode criar diagramas de software e outros sistemas no formato UML padrão do setor e também pode gerar código a partir de diagramas UML em uma variedade de linguagens de .

O Umbrello vem com o KDE SC, incluído em todas as distribuições Linux e disponível através do seu gerenciador de pacotes e como instalador para Windows e Mac OS X.

Como instalar o modelador UML Umbrello no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para instalar o modelador UML Umbrello via Snap você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a pacotes Snap no Linux

Depois, você pode instalar o modelador UML Umbrello via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale a versão estável do programa, usando esse comando:

sudo snap install umbrello

Passo 3. Instale a versão candidate do programa, usando esse comando:

sudo snap install umbrello --candidate

Passo 4. Instale a versão edge do programa, usando esse comando:

sudo snap install umbrello --edge

Passo 5. Mais tarde, se você precisar atualizar o programa, use:

sudo snap refresh umbrello

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite umbrello ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Como desinstalar o modelador UML Umbrello no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para desinstalar o modelador UML Umbrello via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo snap remove umbrello

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Ubuntu 18.04.4 LTS lançado com a mais nova pilha de ativação de hardware

Dando continuidade ao de longo prazo de sua atual versão LTS, a Canonical lançou o Ubuntu 18.04.4 LTS. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

Após um atraso de uma semana, o Ubuntu 18.04.4 LTS agora está disponível como o mais novo lançamento de ponto de suporte a longo prazo.

Ubuntu 18.04.4 LTS lançado com a mais nova pilha de ativação de hardware

Com a atualização 18.04.4 LTS, todas as atualizações estáveis ​​de lançamento recentes agora são incorporadas à mídia de instalação para melhorar a experiência imediata em novas .

Novidades do Ubuntu 18.04.4 LTS

A versão 18.04.4 LTS traz uma “pilha de habilitação de hardware” (HWE) atualizada do Ubuntu 19.10.

Com isso, o Ubuntu 18.04.4 agora pode usar opcionalmente o kernel Linux mais recente, o Mesa e os componentes relacionados da 19.10, a fim de fornecer melhor suporte de hardware em comparação com o 18.04.3 anterior, usando uma pilha HWE do arquivo 19.04.

Então, tudo incluído é apenas a incorporação usual de correção de bugs e o novo HWE que inclui o Ubuntu 18.04.4 LTS.

Os sabores do Kubuntu, Ubuntu Budgie, Ubuntu MATE, Lubuntu, Ubuntu Kylin e Xubuntu 18.04.4 LTS também estão disponíveis hoje.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse o anúncio de lançamento ou a nota de lançamento geral.

As notas de versão para os sabores oficiais podem ser encontradas nos seguintes links:

Baixe e experimente o Ubuntu 18.04.4 LTS

Você pode baixar ISOs e imagens flexíveis em:
http://releases.ubuntu.com/18.04.4/ (Ubuntu Desktop e Server)
http://cdimage.ubuntu.com/ubuntu/releases/18.04.4/release/ (imagens menos populares do Ubuntu)
http://cloud-images.ubuntu.com/daily/server/bionic/current/ (Ubuntu Cloud)
http://cdimage.ubuntu.com/netboot/18.04.4/ (Ubuntu Netboot)
http://cdimage.ubuntu.com/kubuntu/releases/18.04.4/release/ (Kubuntu)
http://cdimage.ubuntu.com/lubuntu/releases/18.04.4/release/ (Lubuntu)
http://cdimage.ubuntu.com/ubuntu-budgie/releases/18.04.4/release/ (Ubuntu Budgie)
http://cdimage.ubuntu.com/ubuntukylin/releases/18.04.4/release/ (Ubuntu Kylin)
https://ubuntu-mate.org/download/ (Ubuntu MATE)
http://cdimage.ubuntu.com/xubuntu/releases/18.04.4/release/ (Xubuntu)

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar a IDE Python Wing no Linux Ubuntu, Fedora, openSUSE e derivados

Se você programa em Python e procura uma boa ferramenta para isso, conheça e veja como a IDE Python no Linux Ubuntu, Fedora, openSUSE e derivados.

Wing é um IDE Python altamente personalizável e flexível, profissional, com um poderoso depurador e editor inteligente.

Como instalar a IDE Python Wing no Linux Ubuntu, Fedora, openSUSE e derivadosComo instalar a IDE Python Wing no Linux Ubuntu, Fedora, openSUSE e derivados

Ela permite o desenvolvimento interativo do Python de maneira rápida, precisa e divertida. E se você adora usar o Vim, o Wing se liga incrivelmente a esse editor.

Alguns de seus recursos mais conhecidos incluem funcionalidades de depuração extremamente poderosas, navegação de código, teste de unidade integrada, desenvolvimento remoto e muito mais. Wing tem integração rica com App Engine, , PyQt, , e mais.

Essa IDE suporta gerenciamento de projetos e controle de versão com Git, Mercurial, Bazaar, Subversion e muitos outros.

Como instalar a IDE Python Wing no Linux

Para instalar a IDE Python Wing no Linux Ubuntu, Debian e derivados, use um dos procedimentos abaixo.

Como instalar a IDE Python Wing no Linux Ubuntu, Debian e derivados

Quem quiser instalar a IDE Python Wing no Ubuntu, Debian e outros sistemas que suportam arquivos .deb, deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome wingide.deb:

wget https://wingware.com/pub/wing-personal/7.2.1.0/wing-personal7_7.2.1-0_amd64.deb -O wingide.deb

Passo 4. Agora instale o programa com os comandos abaixo:

sudo dpkg -i wingide.deb
sudo apt-get install -f

Passo 5. Se preferir, use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt install ./wingide.deb

Passo 6. Depois, se precisar desinstalar o programa, use esse comando:

sudo apt-get remove wingide*

Como instalar a IDE Python Wing no Linux Fedora, OpenSUse, CentOS e derivados

Quem quiser instalar a IDE Python Wing no Fedora, OpenSUse, CentOS e outros sistemas que suportam arquivos .rpm, tem de fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome wingide.rpm:

wget https://wingware.com/pub/wing-personal/7.2.1.0/wing-personal7-7.2.1-0.x86_64.rpm -O wingide.rpm

Passo 4. Para instalar em um openSUSE ou um de seus derivados, use o comando abaixo:

sudo zypper install wingide.rpm

Passo 5. Para instalar em um Fedora, RedHat e seus derivados, use o comando abaixo:

sudo yum localinstall wingide.rpm

ou

sudo dnf install wingide.rpm

Passo 6. Para instalar o programa na maioria das distro com suporte a arquivos RPM, use o comando:

sudo rpm -i wingide.rpm

Passo 7. Depois, se precisar desinstalar o programa, use esse comando:

sudo rpm -e wingide*

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite wing ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Veja também

Você também pode instalar o programa usando esse outro tutorial:
Como instalar o IDE Python Wing no Linux via Snap

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar a IDE Light Table no Linux manualmente

Se você quiser experimentar uma incrível ferramenta de , veja aqui como a IDE Light no Linux .

A IDE Light Table pode ser considerada a próxima geração dos editores de código. Ela simplesmente conecta você à sua criação com feedback instantâneo, mostrando os valores de dados que fluem através de seu código.

Como instalar a IDE Light Table no Linux manualmenteComo instalar a IDE Light Table no Linux manualmente

Light Table é uma IDE multi-plataforma e de código aberto que dispõe de feedback em tempo real, permitindo execução instantânea, depuração e acesso à documentação.

Infelizmente, o projeto só fornece binários de 64 bits para Linux.
Para saber mais detalhes sobre a versão mais recente do programa, acesse esse link.

Como instalar a IDE Light Table no Linux manualmente

Para instalar a IDE Light Table no Linux, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Caso já tenha feito alguma instalação manual, apague a pasta, o link e o atalho anterior com esse comando;

sudo rm -Rf /opt/lighttable*
sudo rm -Rf /usr/bin/lighttable
sudo rm -Rf /usr/share/applications/lighttable.desktop

Passo 3. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal;

uname -m

Passo 4. Se seu sistema realmente é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome lighttable.tar.gz;

wget https://github.com/LightTable/LightTable/releases/download/0.8.1/lighttable-0.8.1-linux.tar.gz -O lighttable.tar.gz

Passo 5. Depois de baixar, execute o comando abaixo para descomprimir o pacote baixado, para a pasta /opt/;

sudo tar -zxvf lighttable.tar.gz -C /opt/

Passo 6. Renomeie a pasta criada. Se ao executar o comando abaixo ocorrer um erro com a mensagem iniciando com “mv: é impossível sobrescrever o não-diretório”, pule este passo;

sudo mv /opt/LightTable*/ /opt/lighttable
sudo mv /opt/lighttable/LightTable /opt/lighttable/lighttable

Passo 7. Finalmente, crie um atalho para facilitar a execução do programa;

sudo ln -sf /opt/lighttable/lighttable /usr/bin/lighttable

Passo 8. Agora crie um lançador para o LightTable, executando o comando abaixo;

echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=lighttable\n Exec=/opt/lighttable/lighttable\n Icon=/opt/lighttable/resources/app/core/img/lticon.png\n Type=Application\n Categories=Application\n \n [Desktop Action Window]\n Name=New Window\n Exec=/opt/LightTable/LightTable -n\n OnlyShowIn=Unity;\n \n [Desktop Action Document]\n Name=New File\n Exec=/opt/LightTable/LightTable --command new_file\n OnlyShowIn=Unity;' | sudo tee /usr/share/applications/lighttable.desktop

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite light no Dash (ou em terminal, seguido da tecla TAB)

Já se a sua distribuição suportar, coloque o atalho na sua área de trabalho usando o gerenciador de arquivos do sistema ou o comando abaixo, e use-o para iniciar o programa.

sudo chmod +x /usr/share/applications/lighttable.desktop
cp /usr/share/applications/lighttable.desktop  ~/Área\ de\ Trabalho/

Se seu sistema estiver em inglês, use este comando para copiar o atalho para sua área de trabalho:

cp /usr/share/applications/lighttable.desktop ~/Desktop

Para mais detalhes sobre essa tarefa, consulte esse tutorial:
Como adicionar atalhos de aplicativos na área de trabalho do Unity

Se quiser, você também pode usar o gerenciador de arquivos do sistema para executar o programa, apenas abrindo a pasta dele e clicando em seu executável.

Como remover o LightTable no Linux

Para remover o LightTable no Linux, basta apagar a pasta, o link e o atalho anterior executando esses comandos em um terminal;

sudo rm -Rf /opt/lighttable*
sudo rm -Rf /usr/bin/lighttable
sudo rm -Rf /usr/share/applications/lighttable.desktop

Veja também

Você também pode instalar o programa usando esse outro tutorial:
Como instalar a IDE Light Table no Ubuntu e derivados

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o navegador Vivaldi no Linux

Procurando um navegador multiplataforma e com boa parte dos recursos do e um belo visual? Então veja como instalar o navegador no Linux e experimente essa alternativa.

Vivaldi é um navegador de internet de código aberto no Chromium, e criado pelo fundador do Opera.

O programa possui suporte para extensões do , o que o torna uma opção a ser considerada na hora de escolher um navegador web.

Como instalar o navegador Vivaldi no LinuxComo instalar o navegador Vivaldi no Linux

Recursos do Vivaldi

Conheça alguns dos recursos do Vivaldi oferece:

Histórico inteligente

O novo recurso Histórico é poderoso e permite aos usuários explorar os seus padrões de navegação, estatísticas e obter pistas visuais para ajudá-los a encontrar sites antigos.

Em vez de ter que percorrer centenas de linhas, Vivaldi oferece uma visão abrangente do histórico, apresentados de uma forma visual. Isso permite que os usuários analisem a sua atividade on-line e ajuda-los a encontrar o que estão procurando.

Além da lista de URLs oferecidos pela maioria dos navegadores, Vivaldi mostra a história em uma exibição de calendário com estatísticas detalhadas sobre sites visitados anteriormente.

Gráficos e um mapa de calor com sobreposição com código de cores para acrescentar uma outra dimensão, que mostra picos de atividade on-line e as principais tendências de navegação.

Todos esses dados ajuda a encontrar páginas da web visitadas anteriormente, mesmo quando os usuários não podem lembrar o termo de pesquisa direita.

Notificações na guia

Vivaldi oferece funcionalidades de notificações de abas, que exibe ícones de sobreposição em fichas fixas e regulares que o notificam de novos e-mails ou mensagens provenientes de Web sites de redes sociais.

Renomear pilhas de guia

recurso Histórico poderosa que permite aos usuários explorar os seus padrões de navegação, estatísticas e obter pistas visuais para ajudá-los a encontrar sites antigos.

Como instalar o navegador Vivaldi no Linux

Vivaldi permite renomear suas pilhas de guia. Isto pode ser útil especialmente quando você está consultando sites com conteúdo semelhante, seja viagens, mídia comercial ou social.

Silent Tabs For Users

Como instalar o navegador Vivaldi no Linux

Notificações na guia

tab notifications - Como instalar o navegador Falkon no Linux (antigo QupZilla)

Depois de habilitar “Permitir a renomeação de Tab Stack” nas configurações, o Vivaldi também permite que você renomeie a pilha de tabulações clicando com o botão direito em uma guia e escolha a opção “Renomear Tabulação”.

Netflix no Vivaldi

Como instalar o navegador Vivaldi no Linux

Notificações HTML5

Como instalar o navegador Vivaldi no Linux

Captura de tela

Como instalar o navegador Vivaldi no Linux

Vivaldi torna mais fácil para capturar o que está na tela. O novo recurso de captura de tela permite aos usuários salvar e compartilhar páginas inteiras, mesmo fora da área visível no momento, enquanto eles navegam. Ele também permite tirar uma screenshot de uma seleção, incluindo a interface do usuário do próprio navegador.

Outra adição à funcionalidade screenshots é no painel Notes. Notas, localizado no painel lateral, permitem que os usuários anotar páginas e salvar capturas de tela para seus registros. Agora também é possível capturar áreas selecionadas de sites e adicioná-los para o Notes.

Além de ser capaz de salvar a imagem em JPEG ou PNG formatos de arquivo, Vivaldi permite copiar a imagem capturada na área de transferência e depois levar para outros programas.

Atalhos de teclado

Como instalar o navegador Vivaldi no Linux

Vivaldi inclui uma opção para mapear atalhos de teclado ou usar comandos rápidos. Os atalhos podem agora ser mapeada nas configurações do teclado, onde os usuários podem atribuir combinações de teclas de sua escolha.

Melhorias no controle de som das guias

Como instalar o navegador Vivaldi no Linux

Vivaldi agora torna possível para silenciar todas as guias de uma vez – e sem a necessidade de olhar para o guia que está causando o ruído. Isso pode ser particularmente útil para pessoas que gostam de navegar com muitas abas abertas.

Mais recursos

Vivaldi vem com o Theme Scheduling, um recurso que permite configurar o navegador para alterar automaticamente o tema com base no horário do dia. Isso é útil se você quiser usar um tema escuro à noite, alterar o tema com base em sua programação, e assim por diante.

Como instalar o navegador Vivaldi no Linux

Nele você pode ter diferentes larguras para painéis web, e escolher para mostrar todos os botões de navegação na sua barra de ferramentas (isso também pode ser completamente escondido).

Como instalar o navegador Vivaldi no Linux

Painéis web permitem adicionar sites individuais na barra lateral do Vivladi, útil se você quer ter algo como o Twitter, ou alguns sites de notícias e assim por diante, sempre visível enquanto navega em outros sites.

Também é possível restaurar a última guia fechada clicando com o botão do meio no ícone da lixeira.

O aplicativo foi atualizado recentemente e por isso, esse tutorial está sendo republicado com os links atualizados.

Como instalar o navegador Vivaldi no Linux

Para instalar o programa, o site do Vivaldi oferece pacotes RPM e DEB das últimas versões, e por isso, a instalação do navegador não deve ser difícil.

Resumidamente, basta fazer o download do pacote rpm ou deb da arquitetura do seu sistema (i386/i686, para sistemas de 32 bits, e AMD64/x86_64, para sistemas de 64 bits) e instalar o pacote através do gerenciador de pacotes padrão (dpkg ou rpm).

Você pode baixar diretamente e instalar manualmente, ou seguir os procedimentos abaixo.

Instalando o navegador Vivaldi no Arch Linux

Para instalar o navegador Vivaldi no Arch Linux, você pode usar o repositório AUR, através dos utilitários Pacaur ou Yaourt;

Instalando o navegador Vivaldi no Linux Ubuntu, Debian ou sistemas com suporte a pacotes DEB

Para instalar o navegador Vivaldi no Linux Ubuntu, Debian ou sistemas com suporte a pacotes DEB, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é um ARM, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome vivaldi.deb:

wget https://downloads.vivaldi.com/stable/vivaldi-stable_2.11.1811.33-1_armhf.deb -O vivaldi.deb

Passo 4. Se seu sistema é um PC de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome vivaldi.deb:

wget https://downloads.vivaldi.com/stable/vivaldi-stable_2.11.1811.33-1_i386.deb -O vivaldi.deb

Passo 5. Se seu sistema é um PC de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome vivaldi.deb:

wget https://downloads.vivaldi.com/stable/vivaldi-stable_2.11.1811.33-1_amd64.deb -O vivaldi.deb

Passo 6. Agora instale o programa com o comando:

sudo dpkg -i vivaldi.deb

Passo 7. Caso seja necessário, instale as dependências do programa com o comando:

sudo apt-get install -f

Passo 8. Depois, se for necessário, desinstale o programa usando o comando abaixo;

sudo apt-get remove vivaldi*

Instalando o navegador Vivaldi no Linux Ubuntu, Debian ou sistemas derivados via repositório

Para instalar o navegador Vivaldi no Linux Ubuntu, Debian ou sistemas derivados via repositório, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando:

sudo sh -c 'echo "deb http://repo.vivaldi.com/stable/deb/ stable main" >> /etc/apt/sources.list'

Passo 3. Baixe e importe a chave do repositório com o comando:

wget -q -O - http://repo.vivaldi.com/stable/linux_signing_key.pub | sudo apt-key add -

Passo 4. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 5. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt install vivaldi-stable

Passo 6. Você também pode instalar Vivaldi beta, Vivaldi preview ou Vivaldi snapshot, usando um dos seguintes comandos:

sudo apt install vivaldi-beta
sudo apt install vivaldi-preview
sudo apt install vivaldi-snapshot

Instalando o navegador Vivaldi no Linux Fedora e sistemas com suporte a pacotes RPM

Para instalar o navegador Vivaldi no Linux Fedora e sistemas com suporte a pacotes RPM, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome vivaldi.rpm;

wget https://downloads.vivaldi.com/stable/vivaldi-stable-2.11.1811.33-1.i386.rpm -O vivaldi.rpm

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome vivaldi.rpm;

wget https://downloads.vivaldi.com/stable/vivaldi-stable-2.11.1811.33-1.x86_64.rpm -O vivaldi.rpm

Passo 5. Para instalar em um Fedora, RedHat e seus derivados, use o comando abaixo:

sudo yum localinstall vivaldi.rpm

ou

sudo dnf install vivaldi.rpm

Passo 6. Para instalar em um openSUSE ou um de seus derivados, use o comando abaixo:

sudo zypper install vivaldi.rpm

Passo 7. Para instalar em um OpenMandriva, Mageia e seus derivados, use o comando abaixo:

sudo urpmi vivaldi.rpm

Passo 8. Para instalar o programa em qualquer distro que suporte RPM, use o comando:

sudo rpm -i vivaldi.rpm

Passo 9. Se depois você precisar desinstalar o programa em uma distro que suporte RPM, use o comando a seguir;

sudo rpm -e vivaldi*

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite vivaldi no Dash (ou em um terminal, seguido da tecla TAB).

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Wayland 1.18 lançado com suporte para Meson e outras pequenas mudanças

E foi lançado o Wayland 1.18 com suporte para Meson e outras pequenas mudanças. Confira todas as novidades dessa .

Wayland é um protocolo de computador que especifica a comunicação entre o servidor gráfico e os seus clientes. Wayland é um protocolo para um compositor falar com seus clientes, bem como uma implementação da biblioteca C desse protocolo.

Wayland 1.18 lançado com suporte para Meson e outras pequenas mudançasWayland 1.18 lançado com suporte para Meson e outras pequenas mudanças

O Wayland pretende ser um substituto mais simples para o X, mais fácil de desenvolver e manter. Ele foi inicialmente projetado por Kristian Høgsberg, líder do projeto AIGLX, como um substituto ao X Window System.

Agora, o protocolo do servidor gráfico Wayland recebeu uma nova versão. Este é o Wayland 1.18, uma entrega que chegou 11 meses após a v1.17 com pequenas alterações.

Novidades do Wayland 1.18

Não deve surpreender que uma versão “tricotada” chegue com poucas novidades, geralmente chegando a corrigir erros, mas há poucas inclusões que vale a pena mencionar.

Podemos esperar que, entre as mudanças, haverá melhorias que melhorarão o desempenho do que no Wayland 1.17 lançado quase um ano atrás … ou pelo menos deveria ser, porque o projeto não menciona isso em sua nota de lançamento.

A novidade mais marcante que chegou com o Wayland 1.18 é um suporte para o Meson semelhante ao compositor Weston e outros projetos de código aberto.

Especificamente, a nova versão vem com apenas 4 alterações que podemos ler neste endereço, se quisermos ver a declaração oficial, ou confira abaixo

  • Adicionado suporte para o sistema de compilação Meson (as ferramentas automáticas ainda são suportadas, mas serão removidas em uma versão futura);
  • Adicionada API para marcar objetos proxy para permitir que aplicativos e kits de ferramentas compartilhem a mesma conexão Wayland;
  • Acompanhe os timers do servidor de caminho no espaço do usuário para evitar a criação de muitos FDs;
  • Adicionado wl_global_remove, uma nova função para mitigar as condições de corrida com o global.

Se nada acontecer e considerando o que foi necessário para lançar esta versão, o próximo lançamento poderá ocorrer em cerca de um ano.

Durante esse período, é provável que a Comunidade KDE tenha tempo para apresentar uma versão de seu software que foi completamente migrada para Wayland, que é um dos seus objetivos para o futuro.

De qualquer forma, o Wayland está disponível para muitos ambientes e sistemas operacionais e, após uma longa espera, já temos uma nova versão pronta para adoção das distribuições.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo
Nenhuma tag para esta postagem

Let's block ads! (Why?)

11 de fevereiro de 2020

Como instalar o cubo mágico PyBik no Ubuntu e derivados

Se você curte de -cabeças e quer mostrar suas habilidades sem sair do PC, conheça e veja como instalar o cubo mágico PyBik no Ubuntu e derivados.

PyBik é um grande clone do famoso cubo de Rubik (chamado no Brasil de cubo mágico), um dos mais famosos jogos de quebra-cabeças que menos pessoas conseguiram resolver.

O Pybik é um clone criado em python que nos oferece a interface de um cubo de rubik e a possibilidade de alterá-lo como se fosse um cubo de rubik original e real.

O problema com esta opção é que o cubo de rubik é virtual e não podemos usar nossas mãos para tocá-lo, mas o bom é que não podemos tirar os adesivos coloridos para enganar com este jogo ou será que podemos?

Como instalar o cubo mágico PyBik no Ubuntu e derivadosComo instalar o cubo mágico PyBik no Ubuntu e derivados

Pybik é um jogo com diferentes quebra-cabeças 3D (até 10x10x10), cubos, torres, tijolos, tetraedros e prismas, solvers para alguns quebra-cabeças, padrões bonitos, editor para sequências de movimento, cores e imagens mutáveis.

O PyBik, como o resto, está nos repositórios oficiais do Ubuntu e podemos instalá-lo através do terminal ou do gerenciador de software.

Como instalar o cubo mágico PyBik no Ubuntu e seus derivados

Para instalar o cubo mágico PyBik no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal (use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

sudo add-apt-repository ppa:barcc/pybik -y

Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get 

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install pybik

Como instalar o cubo mágico PyBik manualmente ou em outras distros

Para aqueles que não conseguiram instalar com o procedimento acima, não querem adicionar o repositório ou querem tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar o arquivo DEB do programa nesse link e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele).
Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma do programa.

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite pybik em um terminal (seguido da tecla TAB), ou clicando no ícone dele ou menu de aplicativos do sistema.

Se não conseguir localizar o comando de execução, execute o comando abaixo:

which pybik

Desinstalando o cubo mágico PyBik no Ubuntu e derivados

Para desinstalar o cubo mágico PyBik no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando os comandos abaixo;

sudo add-apt-repository ppa:barcc/pybik -r -y
sudo apt-get remove pybik --auto-remove

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o emulador de terminal Guake no Linux via Snap

Se você procura uma opção de terminal com várias opções e que esteja sempre disponível, conheça e veja como o emulador de terminal Guake no Linux via .

Guake é um terminal suspenso feito para o ambiente de área de trabalho GNOME. O estilo de janela de Guake é baseado em um jogo de FPS, e um de seus objetivos é ser fácil de alcançar.

Como instalar o emulador de terminal Guake no Linux via SnapComo instalar o emulador de terminal Guake no Linux via Snap

O Guake possui muitos recursos interessantes, como funcionalidade de terminal dividido, salvamento e restauração de sessões, transparência, mais de 150 esquemas de cores integrados e muito mais.

Esse incrível emulador de terminal funciona no Ubuntu, Fedora, Debian e outras grandes distribuições Linux, e pode ser instalado usando a tecnologia Snap.

Como instalar o emulador de terminal Guake no Linux

Para instalar o emulador de terminal Guake no Linux, use um dos procedimentos abaixo.

Como instalar o emulador de terminal Guake no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para instalar o emulador de terminal Guake via Snap você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a pacotes Snap no Linux

Depois, você pode instalar o emulador de terminal Guake via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale a versão edge do programa, usando esse comando:

sudo snap install guake --edge

Passo 6. Mais tarde, se você precisar atualizar o programa, use:

sudo snap refresh guake

Como instalar o emulador de terminal Guake no Ubuntu e seus derivados

Para instalar o emulador de terminal Guake no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal (use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

sudo add-apt-repository ppa:linuxuprising/guake

Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get 

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install guake

Passo 5. Depois, se precisar, desinstale o programa, usando os comandos abaixo;

sudo add-apt-repository ppa:linuxuprising/guake -r -y
sudo apt-get remove guake --auto-remove

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite guake ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Como desinstalar o emulador de terminal Guake no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para desinstalar o emulador de terminal Guake via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo snap remove guake

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como recuperar a pesquisa antecipada do Nautilus

Se você gostava da pesquisa típica do Nautilus e não gostou do atual formato de busca do aplicativo, veja recuperar a pesquisa do Nautilus!

Nautilus é o navegador padrão do Ubuntu e de algumas outras distribuições Linux.

Como recuperar a pesquisa antecipada do NautilusComo recuperar a pesquisa antecipada do Nautilusq

Ele possui (ou possuia) um conhecido como “pesquisa interativa”, “pesquisa antecipada” e “pesquisa conforme você digita”. Infelizmente isso foi sendo retirado do programa e seus últimos lançamentos.

Os desenvolvedores do GNOME removeram a funcionalidade de digitação antecipada do Nautilus em 2013, substituindo-a pela pesquisa de texto completo, que separa os arquivos dentro da pasta atual, bem como os subdiretórios e (se o Tracker estiver instalado) o conteúdo do arquivo.

Embora essa pesquisa abrangente seja melhor para encontrar coisas, ela não é para todos.

A Canonical chegou a criar um patch para trazer o “type ahead” de volta ao Nautilus até o ano passado (mas ele foi abandonado, junto com o ambiente ).

A boa noticia é que você poderá recuperar esse recurso no Ubuntu 18.04 LTS, sem precisar fazer downgrade ou alternar para um gerenciador de arquivos alternativo como o Nemo, o Caja ou o Thunar.

Acontece que foi criado um novo PPA que traz esse recurso. Confira abaixo como usá-lo para restaurar esse recurso.

Como recuperar a pesquisa antecipada do Nautilus

Antes de começar, por favor, entenda que este PPA irá substituir a versão padrão do Nautilus 3.26 (usado no Ubuntu 18.04) para uma compilação de terceiros compilada com o recurso de localização typeahead ativado. Observe também que este PPA suporta apenas o Ubuntu 18.04 LTS.

Ciente disso, para recuperar a pesquisa antecipada do Nautilus, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um (use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Use o comando abaixo para adicionar o repositório que restaura o recurso pesquisa antecipada;

sudo add-apt-repository ppa:lubomir-brindza/nautilus-typeahead

Passo 3. Depois de confirmar que você deseja adicionar o PPA, o Ubuntu atualizará as fontes do seu sistema. Quando a atualização estiver concluída, execute o comando abaixo para atualizar o sistema e restaurar o recurso pesquisa antecipada. Antes de confirmar, revise as alterações que o comando propõe e, se você quiser prosseguir, confirme.

sudo apt dist-upgrade

Passo 4. Após a conclusão da instalação, você pode precisar reiniciar o Nautilus para que as alterações entrem em vigor. Para isso, use esse comando;

nautilus -r

Desfazendo as alterações

Se você encontrar algum bug durante o uso deste PPA, ou se quiser retornar à versão padrão normal do Nautilus, abra um terminal e execute esses comandos:

sudo apt install ppa-purge
sudo ppa-purge ppa:lubomir-brindza/nautilus-typeahead

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o app de controle de brilho Gammy no Linux

Se você quer controlar melhor a luminosidade da tela do se PC, conheça e veja como instalar o de controle de

Gammy uma ferramenta de GUI de brilho da tela adaptável que estava disponível apenas para o Microsoft Windows, foi portada para o Linux (somente X11) recentemente.

Como instalar o app de controle de brilho Gammy no LinuxComo instalar o app de controle de brilho Gammy no Linux

O aplicativo Qt5 faz uma captura de tela periodicamente e depois ajusta gradualmente o brilho do pixel com base no conteúdo da tela, escurecendo a tela se o conteúdo estiver muito claro ou iluminando a tela se o conteúdo estiver muito escuro.

Isso é especialmente útil para reduzir a fadiga ocular ao alternar entre janelas escuras e claras.

As configurações Gammy permitem definir um brilho mínimo e máximo e um deslocamento (o deslocamento aumenta o brilho da tela, com um valor mais alto que significa uma imagem mais brilhante).

Além disso, por entrar em conflito com o Redshift, o desenvolvedor da Gammy decidiu adicionar o controle básico de temperatura, que você também encontrará nas configurações do aplicativo.

Se você expandir a janela de configurações Gammy arrastando seu canto inferior direito, algumas configurações ocultas serão reveladas, o que permitirá definir a velocidade (a rapidez com que o brilho muda), o limiar (o quanto a tela precisa mudar para ativar um mudança de brilho) e taxa de votação em milissegundos (o tempo de espera antes de fazer uma captura de tela).

Gammy ajusta o brilho alterando as rampas gama, que o desenvolvedor considera o método mais simples, mas isso tem a desvantagem de perder o contraste em telas com pouco contraste.

Em um comentário no Reddit, Fushko, desenvolvedor de aplicativos, disse que está pensando em reduzir a luz de fundo em vez de ajustar a gama para dispositivos compatíveis.

Vale ressaltar que o Gammy foi portado para o Linux apenas 11 dias atrás, portanto, espere encontrar alguns bugs.

Além disso, fechar a janela de configurações também fecha o Gammy, então você precisará minimizar as configurações (com o botão minimizar trabalhando basicamente como um botão fechar), embora esse seja aparentemente o comportamento pretendido, e não um bug. [Atualização] Esses problemas foram corrigidos no ramo “desenvolver”.

O ajuste de brilho da tela real funciona sem problemas.

Como instalar o app de controle de brilho Gammy no Linux

Para instalar o app de controle de brilho Gammy no Linux, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale os pacotes necessários para construir o Gammy no Linux (Mesa-libgl e Qt5), bem como o Git, para obter o código mais recente do aplicativo. No Debian/Ubuntu e derivados, você pode instalar estes pacotes da seguinte maneira;

sudo apt install git build-essential libgl1-mesa-dev qt5-default

Passo 3. No Fedora (não testado; observe que o Fedora usa Wayland por padrão, que não é suportado pelo Gammy; você precisará fazer login em uma sessão do Xorg para usá-lo), use o seguinte comando;

sudo dnf install git mesa-libGL-devel qt5-devel

Passo 4. Agora, compile e instale o Gammy (do Git) com esses comandos;

git clone https://github.com/Fushko/gammy.git
cd gammy
qmake Gammy.pro
make
sudo make install

Gammy agora está disponível via AUR para facilitar a instalação do Arch Linux.

Em algumas distribuições Linux, se você receber uma mensagem de erro dizendo qmake: comando não encontrado, mesmo que o Qt5 (devel) esteja instalado, você precisará executar o qmake-qt5 Gammy.pro em vez de qmake Gammy.pro.

Além disso, em algumas distribuições Linux (por exemplo, Ubuntu 18.04, mas não no Ubuntu 19.04), você pode receber um erro ao executar o qmake Gammy.pro, com uma mensagem reclamando sobre um elemento chamado “PlaceholderText” – nesses casos, o leia-me Gammy menciona a abertura ui_mainwindow.h com um editor de texto e excluindo as linhas incorretas (os números das linhas devem ser mostrados quando você receber o erro).

O executável Gammy está instalado em /opt/gammy/bin, portanto, você precisará digitar /opt/gammy/bin/gammy para executá-lo. Você pode criar um link simbólico para /opt/gammy/bin/gammy para /usr/local/bin/ para poder iniciá-lo digitando apenas o nome do executável, usando:

sudo ln -s /opt/gammy/bin/gammy /usr/local/bin/

Depois disso, você poderá iniciar o Gammy digitando gammy em um terminal ou executando a caixa de diálogo (Alt + F2). Você não encontrará o Gammy no menu de aplicativos!

Na maioria dos casos, você deseja que o Gammy seja executado na inicialização, para que ele ajuste automaticamente o brilho da tela assim que você fizer o login.

Adicione-o à inicialização abrindo Aplicativos de Inicialização (ou equivalente) no menu de aplicativos, clique em Adicionar para adicionar um novo item de inicialização e use-o como o comando: /opt/gammy/bin/gammy (você também pode usar apenas “gammy” se você criou um link simbólico para ele em algum lugar no seu $ PATH).

Você também pode fazer isso manualmente, criando um arquivo chamado gammy.desktop em ~/.config/autostart/ com o seguinte conteúdo:

[Desktop Entry]
Type=Application
Exec=/opt/gammy/bin/gammy
Hidden=false
NoDisplay=false
X-GNOME-Autostart-enabled=true
Name=Gammy adaptive screen brightness

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como fazer downgrade de um pacote instalado usando o Synaptic

Se por algum motivo você precisar usar uma versão antiga de um , veja como fazer de um instalado o Synaptic.

Nem sempre ter a versão mais recente de um aplicativo é a melhor opção. As vezes, você pode precisar de uma versão menos atualizada por causa de questões de compatibilidade com algum recurso, por exemplo.

Como fazer downgrade de um pacote instalado usando o SynapticComo fazer downgrade de um pacote instalado usando o Synaptic

Geralmente, você pode facilmente restaurar um pacote para sua versão inicial, que fica disponível no repositório universe do Ubuntu.

Ou, você pode restaurar para uma versão de software específica, se você adicionou um repositório de terceiros que contenha a versão desse pacote.

Uma outra alternativa seria usar o Synaptic para fazer downgrade de um pacote instalado.

Quer tentar? Confira o procedimento a seguir. Antes dele, verifique se o Synaptic está instalado, e se não estiver, use o comando sudo apt-get install synaptic, ou consulte esse tutorial:

Como instalar a versão mais recente do Synaptic no Ubuntu

Como fazer downgrade de um pacote instalado usando o Synaptic

Para fazer downgrade de um pacote instalado usando o Synaptic, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Inicie o programa, clicando no atalho dele ou digitando synaptic em um terminal, seguido da tecla TAB. Quando pedido, forneça a senha para autorizar a execução do Synaptic;

Passo 2. Na janela do Synaptic, clique no botão “Pesquisa”. Quando a janela “Localizar” aparecer, digite o nome do pacote e clique no botão “Pesquisar”;

Como fazer downgrade de um pacote instalado usando o Synaptic

Passo 3. Clique no pacote. Em seguida, clique no menu “Pacote” e depois na opção “Forçar versão…”;

Como fazer downgrade de um pacote instalado usando o Synaptic

Passo 4. Na janela que será exibida, clique na seta ao lado do campo “Forçar versão” e selecione a versão que será forçada. Para confirmar, clique no botão “Forçar versão” e confirme clicando em Marcar na próxima caixa de diálogo;

Como fazer downgrade de um pacote instalado usando o Synaptic

Passo 5. De volta à janela principal do Synaptic, clique no botão “Aplicar”.

Como fazer downgrade de um pacote instalado usando o Synaptic

Pronto! Depois que o Synaptic executar as mudanças, você estará usando a versão que escolheu.

Dica: depois de fazer o downgrade do software, você também pode querer bloquear a versão do software destacando-a no Synaptic, depois vá para o menu Pacote -> Versão de bloqueio .

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o visualizador de imagens imgViewOn no Linux via Snap

Se você procura uma opção para ver suas imagens sem distrações, conheça e veja como instalar o de imagens no Linux via Snap.

O imgViewOn deve ser o visualizador de arquivos de imagem do sistema operacional padrão e abrirá os principais tipos de arquivos de imagem (jpeg, png, gif, bmp e vários outros.). Ele exibirá rapidamente o arquivo de imagem sem borda ou barra de menu superior.

Como instalar o visualizador de imagens imgViewOn no Linux via SnapComo instalar o visualizador de imagens imgViewOn no Linux via Snap

Após a instalação, defina as associações dos arquivos de imagem para abrir com imgViewOn. Quando uma imagem é aberta usando o imgViewOn, você pode editar o tamanho da janela/imagem com os lados inferior, direito e inferior direito da janela.

A janela/imagem será redimensionada dependendo da proporção original. As imagens grandes serão reduzidas dependendo do tamanho da tela em que você estiver visualizando, para melhor visibilidade.

Como instalar o visualizador de imagens imgViewOn no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para instalar o visualizador de imagens imgViewOn via Snap você precisa ter o suporte a essa tecnologia instalado em seu sistema. Se não tiver, use o tutorial abaixo para instalar:

Como instalar o suporte a pacotes Snap no Linux

Depois, você pode instalar o visualizador de imagens imgViewOn no Linux via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Instale a versão estável do programa, usando esse comando:

sudo snap install imgviewon

Passo 3. Mais tarde, se você precisar atualizar o programa, use:

sudo snap refresh imgviewon

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite imgviewon ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Como desinstalar o visualizador de imagens imgViewOn no Linux via Snap em distros que suportam a tecnologia

Para desinstalar o visualizador de imagens imgViewOn via Snap, fazendo o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Depois, se for necessário, desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo snap remove imgviewon

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

10 de fevereiro de 2020

Visualização e edição de dados EXIF: Instale e experimente o pyExifToolGUI

Quem trabalha com , principalmente de câmeras, sempre precisa fazer visualização e de dados EXIF. Se este é o seu caso, instale e experimente o pyExifToolGUI.

pyExifToolGUI é uma ferramenta de visualização e edição de dados EXIF, aquelas presente em nossas imagens digitais.

Visualização e edição de dados EXIF: Instale e experimente o pyExifToolGUIVisualização e edição de dados EXIF: Instale e experimente o pyExifToolGUI

Com esse software você pode visualizar e editar os dados EXIF e ainda usar uma série de características extras, como a ferramenta para renomear várias imagens de uma vez.

Escrito em Python com Qt, pyExifToolGUI é uma interface gráfica para para o utilitário ExifTool e inclui também alguns recursos úteis, como ferramentas para renomear rapidamente imagens.

O programa suporta todos os formatos (incluindo imagens RAW também) e é capaz de salvar as várias tags de EXIF e XMP, também permite que você processe os dados de uma ou mais imagens, incluindo também dados de GPS e suporte para geotagging.

pyExifToolGUI tem suporte para o Google Photosphere (gpano) e inclui ferramentas para alterar as datas das imagens com base na tag de data e hora.

Um ponto forte deste software é a capacidade de gravar os dados, copiados ou não de uma imagem de origem (imagem de referência), para várias imagens de uma só vez.

Como instalar a ferramenta de visualização e edição de dados EXIF pyExifToolGUI no Ubuntu e seus derivados

Para instalar o pyExifToolGUI no Ubuntu, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal (pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Para descobrir a versão de sua distro, use o seguinte comando;

lsb_release -rs

Passo 3. Se seu sistema é um Ubuntu 12.04 ou compatível com ele, use o comando abaixo para baixar o pacote DEB:

wget http://ppa.launchpad.net/ferramroberto/lffl/ubuntu/pool/main/p/pyexiftoolgui/pyexiftoolgui_0.6-1~lffl~precise_all.deb -O pyexiftoolgui.deb

Passo 4. Se seu sistema é um Ubuntu 14.04 ou superior e compatível com a versão, use o comando abaixo para baixar o pacote DEB:

wget http://ppa.launchpad.net/ferramroberto/lffl/ubuntu/pool/main/p/pyexiftoolgui/pyexiftoolgui_0.6-1~lffl~trusty_all.deb -O pyexiftoolgui.deb

Passo 5. Agora instale o programa com o comando:

sudo dpkg -i pyexiftoolgui.deb

Passo 6. Caso seja necessário, instale as dependências do programa com o comando:

sudo apt-get install -f

Passo7. Para evitar um erro na inicialização, crie a pasta do programa com o comando.

cd && mkdir .pyexiftoolgui

Você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite pyexiftool ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o ambiente Unity no Ubuntu 18.04 LTS (ou superior) e derivados

Se você já está usando a versão mais recente do sistema da Canonical, e não quer o que vem nele, veja como instalar o ambiente Unity no Ubuntu e derivados.

Desde o ano de 2011, o Unity tem sido o padrão do Ubuntu. Mas recentemente a Canonical optou mudar para o GNOME Shell.

Como instalar o ambiente Unity no Ubuntu 18.04 LTS e derivadosComo instalar o ambiente Unity no Ubuntu 18.04 LTS e derivados

Embora o Ubuntu 18.04 LTS não incluam o ambiente Unity por padrão, não há motivos para desespero (para os que gostam dele).

Além disso, o Unity ainda estará disponível para ser instalado no sistema, a partir dos principais repositórios do Ubuntu.

Por isso, se você gosta do Unity, veja abaixo como instalar o ambiente Unity nessa versão do sistema.

Vale mencionar que a instalação deste ambiente além de incluir todos os pacotes necessários para executar o Unity também instalará a tela de login do Lightdm, a interface Unity completa com menu global, indicadores padrão, etc.

Como instalar o ambiente Unity no Ubuntu 18.04 LTS e derivados

Para instalar o ambiente Unity no Ubuntu 18.04 LTS e derivados, faça o seguinte;

Passo 1. Abra um terminal (use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 3. Agora use o comando abaixo para instalar o Unity;

sudo apt install ubuntu-unity-desktop -y

Ou

sudo apt install unity-session -y

Passo 4. Isso iniciará o download de todos os pacotes necessários, durante o processo de configuração, será exibida uma tela perguntando qual gerenciador de login você prefere usar, no caso do Unity, o LigthDM;

Como instalar o ambiente Unity no Ubuntu 18.04 LTS e derivados

Passo 5. Depois de escolher e finalizar a instalação, basta reiniciar seu sistema.

Como acessar o ambiente Unity no Ubuntu 18.04 LTS

Depois de reiniciar o PC, na tela de login, clique no circulo que fica ao lado do nome do usuário, e no menu que será exibido, clique no item “Unity”;

Como instalar o ambiente Unity no Ubuntu 18.04 LTS

Em seguida, escolha o usuário, digite a senha e tecle enter para acessar o Unity.

Pronto! Agora que o Unity já está funcionando no seu sistema,você pode usá-lo normalmente e ficar a vontade no ambiente que já está acostumado a usar.

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo

Let's block ads! (Why?)

Como instalar o cliente AnyDesk no Linux via Flatpak

[unable to retrieve full-text content]

Se você usa diferentes equipamentos, em diferentes locais e quer, acessá-los a qualquer hora, veja como instalar o cliente AnyDesk no Linux via Flatpak.

Leia o restante do texto "Como instalar o cliente AnyDesk no Linux via Flatpak"

O post Como instalar o cliente AnyDesk no Linux via Flatpak apareceu primeiro em Blog do Edivaldo.

Planeta Ubuntu Brasil

O Planeta Ubuntu Brasil é um agregador de blog's dos usuários da distribuição Ubuntu Linux no Brasil. Para ter seu blog agregado, leia as nossas regras.


Última atualização:
20 de fevereiro de 2020, 01:06
Horário UTC

Planet ATOM
RSS10 RSS20
OPML FOAF

Blogs inscritos


© 2011 Ubuntu Brasil. Ubuntu, o logotipo Ubuntu e Canonical são marcas registradas de Canonical Ltd.
Os comentários dos blogs agregados nesta página representam a opinião de seu autor.